Cultura

Ícones da jovem guarda se encontram em CG

Benito di Paula se apresenta hoje em Campina Grande e  amanhã ele estará em João Pessoa.




Como convidaram uma vez os Beatles, ídolos supremos da turma do Iê-Iê-Iê, "vamos todos levantar e dançar a música que era hit antes de sua mãe ter nascido".

É que, neste fim de semana, em Campina Grande, ícones da Jovem Guarda fazem um encontro em homenagem a um tempo em que os carros eram vermelhos e não se usava espelho para se pentear. Entre os convidados, The Fevers, Os Incríveis e Os Pholhas.

Ainda em Campina, também hoje, Benito di Paula faz o primeiro dos dois shows que vem apresentar na Paraíba: amanhã ele estará em João Pessoa, e anima as gerações que ainda tiverem fôlego depois da performance do protagonista desta avalanche de nostalgia: Julio Iglesias.

Em entrevista recente ao JORNAL DA PARAÍBA, o Sinatra espanhol teve a oportunidade de falar sobre o passado e o presente da música internacional, aparentemente sem demonstrar ranço pelo novo.

"A música mudou, evoluiu muito nos últimos anos, incluindo as aparições de novos gêneros. Me alegra ver que têm surgido muitos artistas jovens e talentosos, que deixam a música em grande conta", elogiou Julio Iglesias.

O ídolo também antecipou o repertório de sua apresentação na Domus Hall: "O show está centrado naquelas canções que eu notei que o público mais gostou ao longo dos anos. ‘Caruso’ está sempre presente em meu repertório. Ela é muito emocional", diz ele. Se vai tocar alguma brasileira? "Sim, ‘Mal Acostumado’. Esta canção transmite muita energia".

 

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.