Cultura

Grupo paraibano apresenta projetos de cinema e educação em eventos nacionais

Semente Cinematográfica vai apresentar iniciativas desenvolvidas no Conde.




CineOP começa no dia 5 de junho (Foto: Divulgação)

O grupo paraibano Semente Cinematográfica, que une a sétima arte e a educação, vai apresentar projetos em dois eventos de relevância nacional neste mês de junho. As participações vão acontecer no no 14º CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto, Minas Gerais, mais especificamente no Encontro da Educação: XI Fórum da Rede Kino – Rede Latino-americana de Educação, Cinema e Audiovisual, que começa nesta quarta (5), seguindo até segunda-feira (10), e na IV CONANE – Conferência de Alternativas para uma Nova Educação, que acontece em Brasília, Distrito Federal, entre os dias 20 e 22.

A participação nestes eventos acontece por meio de seleção em convocatórias e coloca a discussão do audiovisual paraibano desde a perspectiva de sua inserção e realização no contexto escolar no Território Quilombola Gurugi-Ipiranga, na cidade do Conde. O grupo Semente Cinematográfica é formado por profissionais das áreas da educação, comunicação e artes: cineastas, educadores e pesquisadores.

No XI Fórum da Rede Kino serão exibidos 35 filmes e 12 projetos e, dentre estes, o Grupo Semente Cinematográfica compartilha a experiência do projeto Cinema no Lina, realizada na EMEF Lina Rodrigues do Nascimento do quilombo Gurugi-Ipiranga, que resultou na produção do filme Rio de Memórias, cujo processo mobilizou estudantes na investigação das memórias das mulheres vinculadas aos rios da comunidade. O Encontro da Educação tem a curadoria de Adriana Fresquet e Clarisse Alvarenga e a ideia é estimular o diálogo de profissionais em torno do tema “Mulheres: terras e movimentos”, com a atenção para a maneira como o cinema ocupa o lugar de mediador das relações das mulheres com a terra, o território ou simplesmente com o espaço ao seu redor.

O CineOP é uma das janelas de exibição cinematográfica mais relevantes do país e uma das mostras pioneiras com enfoque na questão da preservação, patrimônio, memória, história e educação vinculada ao audiovisual. A Rede Kino é formada por professores, pesquisadores, produtores, estudantes e representantes de organizações. Desde 2009 promove um fórum anual sobre audiovisual e educação e desde 2010 foi acolhido pelo CineOP. As discussões ocorridas neste espaço se refletem em políticas públicas, pesquisas, publicações, projetos e filmes que impactam em espaços formais e não-formais de ensino no país.

Na IV Conane Nacional, que tem como tema “Território de Diálogos”, o Grupo Semente Cinematográfica participa do Painel de Experiências com a proposta “Práticas Educativas com o Cinema nas Escolas do Quilombo Gurugi-Ipiranga”. A ideia é compartilhar o processo de contextualização de Escolas Experimentais de Cinema nas escolas municipais do quilombo Gurugi-Ipiranga, bem como as potencialidades de mediação de aprendizagem por meio do cinema, promovendo a investigação da realidade social, a sensibilização do olhar, o estímulo à criatividade e a construção colaborativa do conhecimento. Desde 2016 o projeto contemplou cerca de 250 educandos, formou 15 professores e produziu oito documentários.

Fundada em 2013, a Conane é uma rede brasileira de educadores que busca alternativas para uma nova educação, de forma a englobar perspectivas emancipadoras, autônomas, inclusivas e, com isso, partilhar experiências inovadoras. Em março de 2019, o Núcleo de Educação Transformadora, da qual o Grupo Semente Cinematográfica faz parte, promoveu a primeira edição regional da Conane no município do Conde, que recebeu mais de 300 participantes.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.