Cultura

Genival Lacerda recebe a Ordem do Mérito Cultural no Palácio do Planalto

Artista recebeu a medalha nesta terça (19) junto de outras 31 personalidades e instituições.




O cantor e compositor paraibano Genival Lacerda foi um dos agraciados com a Ordem do Mérito Cultural no Palácio do Planalto, em Brasília. O artista recebeu a medalha nesta terça-feira (19) junto de outras 31 personalidades e instituições que contribuíram para a cultura brasileira.

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, foi o responsável por entregar a insígnia da classe Cavalheiro a Genival Lacerda. Na ocasião, o paraibano vestia o figurino pelo qual ficou conhecido pelo Brasil: um paletó em tom bege e um chapéu vermelho estampado. Ao subir ao palco, Genival ainda tirou o chapéu diante do presidente Michel Temer, que estava presente na cerimônia.

O tema do evento foi “Cultura, Inovação e Empreendedorismo”. Durante a entrega, o presidente fez um discurso em que disse que gostaria de trabalhar com arte, mas que desistiu. “Tentei de toda maneira ingressar na vida cultural. Quem sabe, não é Sérgio [Leitão, ministro da Cultura], seria um dos agraciados neste momento?”, brincou.

Temer ainda prometeu verificar o orçamento para que seja possível mais investimentos na área cultural. “Quero prometer ao Sérgio e a todos vocês que eu vou reverificar o orçamento da cultura para aumentar o valor”, disse.

Homenageados

As personalidades e entidades que receberam a Ordem do Mérito Cultural foram: Renato Aragão, Augusto Marzagão (em memória), Domingo Alzugaray (em memória), Eduardo Portella (em memória), Ivo Barroso, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, Luiz Calainho, Mãe Neide Oyá D’Oxum, Luiz Severiano Ribeiro, Marcelo Bertini, Eduardo Saron Nunes, Ricardo Amaral, Roberto Minczuk, Marcelo Bratke, Fernando Alterio, Ana Maria Nóbrega Miranda, Pierre André Mantovani, Marcelo Dantas, Carlos Tufvesson, Jair de Souza, Genival Lacerda, Maria Ignez Mantovani, Dona Onete, Carla Camurati, Claudia Costin, Paulo Cruz, Luciane Gorgulho, Afonso Oliveira, Beto Kelner, Roberto Santucci, Galo da Madrugada e Moeller & Botelho Produções Artísticas.

Ordem

A Ordem do Mérito Cultural é composta por três classes: Grã-Cruz, Comendador e Cavaleiro. Integram a classe Grã-Cruz, o maior título, seis agraciados; a classe Comendador tem 11 nomes; e a classe Cavaleiro, 15. É possível que a mesma pessoa receba a comenda mais de uma vez, porém em classes diferentes. Os órgãos e entidades públicas e privadas, nacionais e estrangeiras são admitidos na Ordem sem grau de classes.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.