Cultura

Funesc exibe vídeos do selecionados pelo edital ‘Meu Espaço - Compartilhando Cultura' a partir desta quarta

Os vídeos serão exibidos pela internet em quatro sessões semanais.




Bruno Ribeiro fará oficina de Escrita Criativa. Foto: Divulgação

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) exibe, a partir desta quarta-feira (6), às 17h, a primeira parte da programação ‘Meu Espaço – Compartilhando Cultura’. Mais de 100 artistas que estão em isolamento domiciliar foram contemplados por um edital criado por causa de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

Os vídeos serão exibidos por meio do canal da Funesc no YouTube, em quatro sessões semanais (segundas, quartas, sextas e domingos), a partir das 17h, com duas horas de duração cada. São produtos audiovisuais nas mais diversas áreas e gravados em vários municípios paraibanos.

A semana inicial trará logo nesta quarta, um minicurso de escrita criativa de Bruno Ribeiro. Em seguida, será exibido o curta ‘Isolamento rural’, dirigido por Leonardo Gonçalves. Em seguida, entra em cena o monólogo ‘Suçuarana’, com Thardelly Lima. Finalizando o primeiro dia de exibições, a poesia falada ocupa o palco virtual e traz ‘Transicionando’, com Bixarte.

Na sexta-feira (8), a programação exibirá ‘Retrato feminino ilustrado: da Aquarela para a Pintura Digital’, pela artista visual Thaynha. A cultura popular entra em cartaz com Minervina Ferreira e ‘Desafios da Atualidade’. O artista circense Allan Barros assume o palco virtual com ‘TrupeÇando na Casa de Mainha’. Também será exibido o vídeo ‘Quadrinhos e Literatura: Diálogos Constantes’, com Marcelo Soares. A música fica por conta de Lucas Truta com o vídeo ‘Truta em Isolamento – Ansiaudades’.

No domingo (10), a programação é mais voltada às crianças. Haverá exibição da videoaula de ‘Breaking Kids’ com Rodrigo Aranha. Serão dois vídeos de contação de histórias: ‘Contações Encantadas’, com Joelson Pereira e ‘A Onça e o Bode Cantada Por Cantos da Carochinha’, com Arly Arnaud. Na sequência, dois curtas para despertar o interesse do público infantil: ‘Yá, me conte histórias’, dirigido por Carine Fiuza, além de ‘E Agora, Aninha?’, de Bruna Campos. Para fechar, ‘A Arte de Viver Do Circo’, com Luana Iranzi.

Ao todo foram selecionadas aproximadamente 100 de propostas artísticas, nas áreas de contação de histórias, circo, teatro, dança, literatura, HQ, música, culturas populares, artes visuais, poesia falada e cinema. Os projetos selecionados vão receber um apoio de R$ 1 mil cada. As informações sobre o restante do cronograma de apresentações serão divulgadas semanalmente.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.