Cultura

Em filme escolhido pelo Minc, paraibanos podem chegar perto do Oscar

Paraibano José Joffily é o diretor de Olhos Azuis, produção que conta ainda com a presença dos paraibanos Zezita Matos e Fernando Teixeira e Everaldo Pontes.



Divulgação
Divulgação
Cena do filme Olhos Azuis

Astier Basílio
Do Jornal da Paraíba

O Ministério da Cultura divulgou a lista dos candidatos a uma indicação para concorrer ao Oscar de língua não inglesa (confira os indicados abaixo).

Dentre as produções concorrentes, temos um paraibano, José Joffily. Ele é o diretor de Olhos Azuis, produção que conta ainda com a presença dos paraibanos Zezita Matos e Fernando Teixeira e Everaldo Pontes.

Já a produção cearense Grão, do diretor Petrus Cariry traz dois atores paraibanos: Nanego Lira e Verônica Cavalcante. Por fim, o documentário Utopia e Barbárie, do cineasta Sílvio Tendler, tem um toque paraibano: a trilha sonora é assinada pelo grupo Cabruêra.

Veja os 23 filmes na disputa:

As Melhores Coisas do Mundo
A Suprema Felicidade
Antes que o mundo acabe
Bróder
Carregadoras de Sonhos
Cabeça a Prêmio
Cinco Vezes Favela, Agora Por Nós Mesmos
Chico Xavier
É Proibido Fumar
Em Teu Nome
Hotel Atlântico
Lula, o Filho do Brasil
Nosso Lar
Olhos Azuis
Ouro Negro
O Bem Amado
O Grão
Os Inquilinos
Os Famosos e os Duendes da Morte
Quincas Berro D’água
Reflexões de um Liquidificador
Sonhos Roubados
Utopia e Barbárie


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.