Cultura

Dia dos Pais: saia do clichê e confira esta playlist para ouvir no almoço de domingo

Há opções para quem tem, quem perdeu e quem se tornou pai de primeira viagem.




Este Dia dos Pais, comemorado neste domingo (9), deve ser muito especial. Se por um bom tempo o isolamento social imposto, devido à pandemia do coronavírus, afastou alguns pais e filhos, por outro lado, a flexibilização deve possibilitar um momento de confraternização especial para muitas famílias. Para embalar o almoço de domingo, o JORNAL DA PARAÍBA preparou uma playlist especial para festejar o encontro.

E para quem estiver pensando de cara no clichê clássico da data, ‘Pai’, de Fábio Júnior, vá logo se preparando que a lista é eclética e cheia de boas opções. Confira!

 

Luiz Gonzaga

 

Como não houve o São João no Nordeste, o reencontro com os pais deve ter na trilha um bom forró que é de lei. Uma boa opção é o Rei do Baião, Luiz Gonzaga, com o hino ‘Respeita Januário’. A música fala do reencontro do mestre com o pai, Januário no seu regresso ao Sertão. “Lui, tu pode ser famoso, mas teu pai é mais tinhoso/ E com ele ninguém vai, Lui, Lui/ Respeita os oito baixo do teu pai”.

E, para não ficar com gostinho de quero mais do forró, a gente manda esse pout-porri de ‘Respeita Januário’, ‘Riacho do Navio’ e ‘Forró no Escuro’. Um achado.

 

Milton Nascimento

 

Um dos grande nomes da MPB, Milton Nascimento também tem uma das mais belas canções do gênero para festejar a data. “Pai Grande”, de 1969, traz uma letra comovente, criando paralelos entre a figura paterna e a divina.

 

NXZero

 

Para aqueles que perderam o pai e o domingo vai ser de saudade dos bons momentos que viveram juntos, uma boa opção é ‘Cedo ou Tarde’, do NXZero. O primeiro single do terceiro álbum da banda, lançado em 2008. A letra é uma homenagem ao pai do guitarrista e backing vocal da banda, Gee Rocha, que faleceu quando ele tinha 2 anos de idade.

 

 

Fundo de Quintal

 

Para quem quer curtir o domingo dos Pais ouvindo um bom samba, a pedida é a música ‘Bença pai’, do grupo Fundo de Quintal. Apesar do balanço gostoso do sambinha, a letra dança retrata a expectativa do filho em reencontrar o pai. “Eis aqui teu filho já com vinte e três/ E esse aqui no colo que completa um mês/ É teu neto, nossa continuação”, diz um trecho da canção.

 

 

Eric Clapton

 

No inventário de canções internacionais, Eric Clapton nos reporta às homenagens com ‘My Father’s Eyes’, faixa do álbum ‘Pilgrim’, de 1998. O músico nunca conheceu seu pai e, em em sua biografia, Clapton explicou que a faixa tomou inspiração não só por conta disso, mas também da sua relação com o filho que perdeu. “Eu tentei descrever um paralelo entre olhar pelos olhos do meu filho, e os olhos do pai que eu nunca tive, através da nossa ligação de sangue”, contou.

 

 

Raul Seixas

 

Para quem tem um pai fã do bom e velho rock and roll brasileiro, Raul Seixas não pode faltar na comemoração. ‘Ê Meu Pai’, composta por ele e Cláudio Roberto, é quase um clamor. “Quando eu cair no chão segura a minha mão/
Me ajuda a levantar para lutar”, diz um dos versos da canção.

 

 

Balão Mágico

 

Agora, para quem é pai de primeira viagem e precisa manter o rebento atento para conseguir comer, o hit para a festa certamente é ‘Dia dos Pais’, da Turma do Balão Mágico. Além de lembrar da infância, a música é uma encantadora canção para inspirar o universo fantástico na mente dos pequenos.

 

 

Galinha Pintadinha

 

E se uma música não for o bastante, vamos dar uma folguinha extra, afinal é o Dia dos Pais. A Galinha Pintadinha também prestou homenagens aos super-papais. Se identifica?


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.