Cultura

Contra preconceito, editora lança de surpresa o 'Kit Gay'

Box carrega três livros com protagonistas homossexuais e chega às livrarias segunda.




Alvo de muita polêmica na campanha presidencial deste ano, o tão especulado ‘kit gay’ acaba de se tornar realidade. De surpresa, a Editora Record lançou um pacote com três livros de seu catálogo jovens adultos. O diferencial é que o box “Kit Gay” possui três livros com protagonistas homossexuais.

O kit – que já está disponível na Amazon e chega às livrarias na segunda-feira – conta com as obras “George” (2015), do autor americano transgênero Alex Gino, “Dois garotos se beijando” (2013), do americano David Levithan, e “Você tem a vida inteira (2018), romance do novato brasileiro Lucas Rocha.

De acordo com Rafaella Machado, editora do selo Galera e idealizadora do projeto, os livros já existiam em catálogo desde 2013 e a ideia surgiu durante uma conversa com o departamento de marketing. “Os livros existem no nosso catálogo desde 2013. Nós fomos a primeira editora a publicar personagens gays com o título de David Levithan”, explica. “Foi uma forma de movimentar os três títulos que estavam conosco desde 2013; além de trazer visibilidade para a causa”, afirmou Rafaella.

Representatividade

A caixa que carrega o termo ‘kit gay’ estampado não é apenas um trocadilho para levantar a venda dos títulos. Os editores também esperam que LGBTs alcancem mais representatividade com as obras como forma de combate ao preconceito.

“O termo ficou em alta durante esta eleição. Ficou polemizado. Achamos essa forma para trazer mais representatividade aos LGBTs, que estão assustados com o que pode acontecer a partir de janeiro”, completou a editora.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.