Cultura

Conheça os locais do Sertão da Paraíba mostrados por Juliette no vídeo 'Paraibando 4'

Campeã do BBB21 mostrou cidades localizadas no Sertão do estado.




Conheça os personagens e locais do Sertão da Paraíba mostrados por Juliette no vídeo ‘Paraibando 4’

A campeã do BBB21 Juliette Freire apresentou aos seguidores mais cidades paraibanas na série de vídeos Paraibando. Dessa vez ela mostrou as belezas culturais de 15 cidades do Sertão da Paraíba, que você pode conferir abaixo:

Conheça os personagens do Paraibando 4:

 

David Brazil

David Brazil é um influenciador digital paraibano, amigo de celebridades como Neymar e Hulk. É pernambucano, mas se mudou para a Paraíba ainda na infância. Ficou famoso após participações em programas de televisão.

David Brazil. Foto: Facebook

Capilé

Capilé é um artista paraibano, compositor e musicista conhecido principalmente pelos carnavais em trios elétricos, em Campina Grande. Ao som da guitarra, Capilé também faz parte da história da cidade.

Ariano Suassuna

Escritor, dramaturgo, poeta, advogado… Essas são algumas definições de Ariano Suassuna. Nasceu na capital, morou em Taperoá na infância e em Pernambuco durante grande parte de sua vida. Autor de obras aclamadas como o Auto da Compadecida e O Romance d’A Pedra do Reino.

Magníficos

Banda Magníficos é sinônimo de forró das antigas. O grupo surgiu em Monteiro, no Cariri paraibano, e há anos faz parte do repertório regional, com sucessos como “Me Usa” e Verdadeiro Amor”.

Shiko

Shiko é um artista e ilustrados paraibano que colabora regularmente com revistas, jornais e agências de publicidade e já realizou exposições em Recife, no Instituto Europeu de Design (Holanda), no Salão do Livro de Paris, além de Lyon e Florença. Em seu trabalho mais recente, produziu a arte de capa de nova coleção de HQs de Neil Gaiman.

Shiko — Foto: Luana Almeida/G1

Zé Limeira

“O Poeta do Absurdo” foi como ficou conhecido o cantador e repentista analfabeto paraibano Zé Limeira. Nascido em Teixeira, na Paraíba, 135 anos atrás, conhecido em sua terra natal por produzir versos sem muito sentido, mas perfeitos na métrica poética. O problema é que Zé Limeira viveu num tempo sem tanta preocupação com documentação. E não se sabe nem mesmo se ele chegou a ter uma certidão de nascimento, o que, durante muito tempo, principalmente nos anos 1980 e 1990, fez muita gente duvidar de que ele teria mesmo existido.

Os versos absurdos atribuídos a Zé Limeira: não era para fazer sentido — Foto: Zé Limeira – O Poeta do Absurdo/Reprodução

Celso Furtado

Um dos maiores economistas do Brasil, que completaria 100 anos se estivesse vivo, em 2020. Celso Furtado, natural de Pombal, do Sertão da Paraíba, o economista era doutor em economia da Universidade de Paris-Sorbonne, e o de membro da Comissão Econômica para a América Latina (CEPAL), das Nações Unidas. Celso também foi diretor do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico, em 1953, e fundou a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste, em 1959.

>>> Livro com ensaios em homenagem aos 100 anos de Celso Furtado é lançado em João Pessoa

Em 2020 o economista paraibano faria 100 anos. / Foto: Arquivo

 

Shaolin

Humorista renomado em todo o Brasil, Shaolin é de Campina Grande, conterrâneo de Juliette. Ficou conhecido após participar de programas de televisão, com imitações de famosos, e faleceu em 2016 anos após sofrer um grave acidente de trânsito.

 

Marcelo Piancó

Marcelo Piancó foi um humorista paraibano, natural do município sertanejo Piancó. Em março de 2020, faleceu vítima de um câncer.

Radegundis 

Radegundis Feitosa foi trombonista paraibano, de Itaporanga. Ele era professor da UFPB e integrante da Orquestra Sinfônica da Paraíba, além de membro do Quinteto Brasil, e faleceu em 2010.

Divulgação: Secom/PB

Clã Brasil

Grupo formado pela família da paraibana Lucy Alves, que ela integrava antes de seguir carreira solo após participar to The Voice. Foi criado em 2001 pelo pai de Lucy, com ritmos como forró, xaxado e baião, ecoados em grandes sucessos da música nordestina.

Suzy Lopes

Suzy Lopes é uma artista paraibana com trabalhos como Bacurau, Fim de festa, Divino amor, A Febre, Sol Alegria, Era uma vez eu Veronica.

Reprodução/Instagram

Os Lira

Os irmãos Buda Lira, Soia Lira, Nanego Lira e Bertrand Lira são artistas de Cajazeiras. Buda, Soia e Nanego são atores, e Bertrand é diretor e professor da UFPB. Criaram juntos o grupo de teatro Piollin, hoje centro cultural.

Sôia Lira foi reconhecida no Festival de Cinema de Gramado e levou o prêmio de melhor atriz coadjuvante — Foto: Edison Vara/Agência Pressphoto

Thardelly Lima

Thardelly é um ator paraibano, que atualmente grava ‘Quanto Mais Vida Melhor’, da Rede Globo. Natural de Cajazeiras, Sertão da Paraíba, Thardelly Lima atua no teatro desde 1999. O ator ganhou projeção nacional após fazer parte do elenco do filme ‘Bacurau’, vencedor do Festival de Cannes. Ele interpretou o prefeito corrupto Tony Jr.

>>> Thardelly Lima fala sobre a gravação de novela da Globo durante a pandemia: “O processo é muito rígido”

Foto: Reprodução/Instagram

Conheça os locais do Paraibando 4:

 

Soledade

O município de Soledade fica no Agreste da Paraíba, a cerca de 55 km de Campina Grande. É conhecido pela produção de queijo com leite de cabra, assim como lembrou Juliette.

 

Cabaceiras

Cabaceiras é um município paraibano conhecido como a “Roliúde Nordestina”, cenário de filmes como O Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna. É lá que fica o Lajedo de Pai Mateus, uma região com mais de 1 km de elevações de rochas, com vista para o céu estrelado.

Foto: Antonio Davi/Secom-PB

 

Taperoá

A cidade de Taperoá fica no Cariri da Paraíba. O local também é famoso por ter menções em obras de Ariano Suassuna, que morou no município e foi o grande responsável por fazê-lo conhecido como ‘a capital literária do Sertão’.

 

Monteiro

Terra da famosa banda de forró Magníficos, Monteiro, no Cariri paraibano, também é conhecida como berço de Zabé da Loca, a “Rainha do Pife”.

 

Serra de Santa Luzia

Santa Luzia é um município localizado no Sertão da Paraíba. A ‘serra’ de Santa Luzia é uma elevação de pista por onde percorre o caminho com destino a várias cidades da região.

 

Patos 

‘Morada do Sol’, é como é conhecida a cidade de Patos, no Sertão paraibano. Cidade em crescimento, também é conhecida como ‘capital do Sertão’, e realiza várias festas juninas famosas na região.

Pico do Jabre

O ponto mais alto da Paraíba é onde fica o Pico do Jabre, na região de Matureia, próximo ao município de Patos. O lugar, que já é um importante ponto turístico da região, pode inclusive ganhar um passeio de balão em breve.

São Bento 

São Bento também fica no Sertão paraibano e é a cidade conhecida como ‘a capital mundial das redes’, pela alta produção de redes. A produção chega a 12 milhões de redes por ano, com alta nas vendas após o mercado online.

Portal da entrada de São Bento (Foto: Juliana Miranda/Correios)

Portal da entrada de São Bento (Foto: Juliana Miranda/Correios)

Pombal

Terra do renomado economista Celso Furtado, Pombal está localizada no Sertão da Paraíba.  Foi um dos primeiros núcleos de habitação da região, e hoje se consolida como uma das principais cidades da localidade.

 

Mãe d’Água e Coremas

São dois municípios localizados no Sertão, com aporte híbrido pelos açudes que possuem. Coremas também é a terra do artista paraibano Shaolin.

 

Piancó

Terra do humorista Marcello Piancó, o município que ele carregou no nome também fica no Sertão da Paraíba e faz parte do aporte geográfico que constitui o Vale do Piancó.

Itaporanga 

Antes chamada de Misericórdia, a cidade de Itaporanga fica no Sertão da Paraíba, e nasceu à beira de um rio. É conhecida por nomes como Radegundis e o grupo Clã Brasil, da família de Lucy Alves, e pelas festas de São Pedro.

 

Sousa 

Terra do Vale dos Dinossauros, Sousa é um município paraibano conhecido pela área de 40 hectares que reúne 23 sítios paleontológicos com fósseis de dinossauros. É uma unidade de conservação ambiental do Governo da Paraíba, com museu e visitação gratuita.

Cajazeiras 

Cajazeiras é um município paraibano localizado no Sertão, próximo a Sousa. Também é berço de ciência paraibana, contando com um campus da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

Cajazeiras. Foto: Luana Silva/Jornal da Paraíba


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.