Cultura

Centro Cultural Piollin celebra 40 anos com Festival de Teatro

Programação soma espetáculos inéditos e alguns já apresentados na cidade. 



João Lira/Divulgação
João Lira/Divulgação
Programação conta com peças de grupos de outros estados do Nordeste e traz nomes conhecidos no cenário regional

O Festival Piollin Teatro será realizado no período de 19 de janeiro a 10 de fevereiro deste ano, em sua quarta edição, e marca o início das comemorações dos 40 anos de fundação do Centro Cultural Piollin. Confira a programação completa na página do Piollin.

Segundo a organização, a programação soma espetáculos inéditos e alguns trabalhos já apresentados na cidade. Como é o caso da encenação “503”, que tem direção de João Paulo Soares, que realizou quatro apresentações de estréia no início de novembro do ano passado e inaugura a programação do Festival. Ao mesmo tempo reapresenta o solo da atriz Raquel Rocha, a peça “A Vida das Palavras de Estela do Patrocínio”, que já passou por João Pessoa.
 
Também integra a programação o último trabalho do Teatro Máquina de Fortaleza, “Diga que você está de acordo! MÁQUINAFATZER!”,  que fez duas apresentações em João Pessoa, no projeto Palco Giratório do SESC-PB, em outubro do ano passado. Todos esses grupos e artistas trazem em comum uma relação colaborativa com o Piollin. Completa a programação o novo solo “Violetas” da atriz Mayra Montenegro, o mais recente espetáculo da companhia potiguar Bololô, que trará o espetáculo “Memórias de Quintal” e a pesquisa da atriz mexicana Rocio Tisnado, na UFRN, que resultou no espetáculo “Amareelos”.
 
Oficinas
Ainda como parte do festival, serão realizadas duas oficinas, uma com a atriz e professora da UFRN, Mayra Montenegro (Voz e Presença) e outra com a atriz Raquel Rocha (Ativação da criatividade através da sensibilidade). As duas oficinas serão realizadas na “Tamarindeira Processos Criativos”, novo espaço de arte e cultura da cidade, que fica no bairro de Miramar.
 
Conforme a organização, o festival lança novos desafios para o Festival Piollin Teatro, mas também procura impulsionar meios de manutenção de projetos que são mantidos pelos núcleos de arte e cultura abrigados no Piollin.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.