Cultura

Campina Grande ganha Orquestra Sivuca

Com recursos do programa BNB de Cultura, nasce a primeira orquestra sinfônica de CG, que leva o nome de Sivuca.




Campina Grande ganha Orquestra Sivuca

Da Redação
Com informações de Astier Basílio

Nasceu a primeira sinfônica de Campina Grande, a Orquestra Sivuca, por meio de um projeto encaminhado ao programa BNB de Cultura pelo professor Joelson Miguel Torres, em parceria com a Fundação da Universidade Regional do Nordeste (Furne). O projeto, aprovado em edital público, realizará dez concertos em 2008.

O nome da orquestra, inspirado em um dos maiores músicos paraibanos, divulga a arte da terra. “Ele tocava ‘Asa Branca’ tanto no Carnegie Hall como no Parque do Povo”, justifica Joelson, que também é diretor artístico do grupo. Quem ficou feliz com a escolha do nome foi a viúva de Sivuca, Glorinha Gadelha. “Foi a forma de contemplarmos um dos maiores musicistas da atualidade”, conta.

Uma das primeiras apresentações da Orquestra Sivuca aconteceu na abertura do São João de Campina Grande. A organização do grupo ainda está no início, mas já tem objetivo claro: mesclar o erudito e o popular, apresentando músicas de Marinês, Jackson do Pandeiro, Luiz Gonzaga e do próprio Sivuca.

Paralelo ao projeto do BNB, que é de criação da orquestra, Joelson revela que será criado, ainda este ano, os cursos de bacharelado e licenciatura em Música na UFCG, instituição em que ele ensina, mas no curso de Arte e Mídia. O novo curso será a sede da orquestra. Dentre as apresentações programadas, a Orquestra Sivuca já garantiu presença na edição deste ano do Festival de Inverno e do Natal dos Sonhos, além da participação de uma missa em latim, realizada no Seminário do Alto Branco no fim do ano.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.