Cultura

Caderno de tendências da moda para o verão 2009 é lançado em JP

Caderno tem o objetivo de servir como referência e guia para as micro e pequenas empresas do setor de moda.




Agda Aquino e Sarah Falcão, especial para o Paraíba 1

Foi-se o tempo em que as estações do ano eram as únicas referências para a criação das coleções de roupas e acessórios. Cada vez mais o mercado de moda está de olho em outras fontes de inspiração para fugir do lugar-comum, se renovar e atingir um público sempre mais exigente.

É aí que entra o Caderno de Inspirações para o Design de Moda, editado pelo Senai-Cetiqt em parceria com o Sebrae Nacional. Lançado duas vezes por ano desde 2005 (com versões para o outono/inverno e primavera/verão), o caderno tem o objetivo de servir como referência e guia para as micro e pequenas empresas do setor de moda.

A edição mais recente, lançada em João Pessoa nesta quinta-feira (14), no auditório do Sebrae, traz as tendências que, segundo os organizadores, irão fazer sucesso no verão de 2009. No lançamento, a estilista Paula Basso e a modelista Raquel Grassi deram uma palestra de apresentação do livro. Ao comentar sobre as tendências, Raquel Grassi adiantou: “a moda é um círculo, só que agora chegou a um ponto que juntou tudo. Você vê coisas das décadas de 50, 60, 70, todas juntas… E isso acontece por causa da personalidade de cada um. Você se identifica com uma época e usa coisas que remetem a ela”.

As propostas para o desenvolvimento das coleções da próxima estação, presentes na publicação, foram elaboradas de acordo com seis perfis de consumidores: realista (pragmático ou prospectivo); mítico (instrumental ou sensorial); e criativo (engenhoso ou imaginativo).

Trocando em miúdos, o que o Caderno de Inspirações faz é criar perfis de consumidores e mostrar de maneira prática e objetiva as tendências de cores, tecidos e formas para agradar essas pessoas. Esse caderno é elaborado com base em pesquisas nacionais e internacionais feitas por especialistas no assunto, que estudam as novidades da arte, música, arquitetura, design, dança, tecnologia e meio ambiente e traduzem tudo isso em tendências para o vestuário. Uma verdadeira mão na roda para quem trabalha na reta final do ciclo da moda, como as confecções por exemplo.

Mas será que tudo que está escrito e desenhado nesse caderno certamente fará sucesso na próxima estação? Não necessariamente, ele serve como uma aposta nas tendências mais fortes e logicamente nem tudo pega. Sem falar que o que faz sucesso no Rio Grande do Sul pode não fazer o mesmo sucesso aqui na Paraíba, e vice-versa. Então em que investir? Vai depender muito da sensibilidade e da experiência de cada empresa ou empresário de moda e do público que ele quer atingir.

Algumas tendências do caderno – Como essa coluna antecipou na reportagem publicada no dia 19 de julho, o xadrez vem com tudo. As cores fortes também estarão em alta, mas isso não é novidade uma vez que o verão é a estação tradicionalmente mais colorida do ano. O Caderno de Inspirações também aposta em roupas mais confortáveis, com modelagens que não apertam e não pesam. Livres, leves e soltas. Ele também investe muito nos acessórios e defende a idéia de que eles farão a diferença no visual da próxima estação. Sem dúvida, um caderno que vai dar muito pano pra manga.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.