Cultura

Brasileira participa de projeto para aspirantes a cineastas nos EUA

Jovem e outras 20 garotas vão produzir uma série sobre mulheres inspiradoras.




Alyssa Schiavon Gandini, de 22 anos, vai representar o Brasil no projeto

A Disney iniciou um novo projeto que vai dar a chance de fazer curtas-metragens digitais a 21 garotas de diferentes partes do mundo, incluindo uma brasileira. Alyssa Schiavon Gandini, de 22 anos, e as as outras 20 meninas vão produzir uma série para contar histórias de mulheres inspiradoras.

A série #SouPrincesaSouReal (#DeamBigPrincess) será compartilhada por meio das plataformas digitais da Disney em todo o mundo, iniciando a campanha que pode angariar até US$ 1 milhão para o projeto Girl Up, uma iniciativa da Fundação das Nações Unidas.

Cada participante formará um par com uma das líderes femininas, de diversas áreas profissionais, para produzir uma entrevista com conteúdo encorajador. As jovens deverão capturar e contar a história dessas outras mulheres e seus conselhos para chegar ao sucesso. A vencedora do Oscar Jennifer Lee é uma das pessoas que terá seu perfil contado na série.

‘Sonhar alto está na essência’

“Usar as trajetórias de personagens como Anna, Elsa e Moana para inspirar crianças a sonhar alto está na essência do que fazemos na Disney”, diz Jennifer Lee, autora e diretora da animação ‘Frozen – Uma Aventura Congelante’. “A série #SouPrincesaSouReal corrobora essa visão e disponibiliza uma plataforma poderosa para que a próxima geração de aspirantes a cineastas crie conteúdo sobre as mulheres que as inspiraram”.

Os planos sobre a série foram divulgados na Cúpula de Liderança do Girl UP em Washigton, nos Estados Unidos, onde as integrantes do projeto participaram de um workshop exclusivo sobre ferramentas para fazer curta-metragens digitais. Após o workshop, as garotas começarão suas jornadas, cada uma em seu país de origem, com mentoria contínua até que seus vídeos sejam lançados nas mídias sociais em outubro. Os conteúdos produzidos ajudarão a levantar o valor de doações da Disney Worldwide Services para o Girl Up até atingir U$S 1 milhão.

21 garotas de diferentes partes do mundo vão produzir curtas-metragens digitais


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.