Cultura

‘Boa Noite Cinderela’ na Praça da Bandeira

Cia. de Dança Alysson Amancio, apresenta o espetáculo ‘Boa Noite Cinderela’ no segundo dia do Festival de Inverno de Campina Grande.




No seu segundo dia, a 38ª edição do Festival de Inverno de Campina Grande (FICG) terá o foco na dança e na cultura popular portuguesa.

A partir das 17h, na Praça da Bandeira, será apresentado gratuitamente o espetáculo intitulado Boa Noite Cinderela, da sergipana Alysson Amancio Cia. de Dança.

A montagem estreou em maio de 2012 e foi contemplada com o Prêmio Funarte Petrobras de Dança Klauss Vianna, onde realizou uma turnê passando por capitais brasileiras como Salvador, Recife e Teresina.

“É um trabalho que brinca com duas realidades”, analisa em entrevista ao JORNAL DA PARAÍBA o coreógrafo e diretor Alysson Amancio. “Ele faz uma dicotomia entre a realidade em que nós vivemos e o mundo dos sonhos”.

De acordo com Amancio, o espetáculo fala das relações sociais e humanas que são nutridas em acreditar nos sonhos de príncipes encantados e contos de fadas, mas que posteriormente se afastam da inocência para cair na falsidade, desprezo e frieza da realidade do mundo moderno.

Para o criador de Boa Noite Cinderela, a apresentação em praça pública democratiza a dança. “Mesmo perdendo em questões técnicas como iluminação, o espetáculo serve para aproximar mais o público da dança. Por isso, estou muito feliz”, conta.

Após a apresentação da Alysson Amancio Cia. de Dança, haverá no mesmo local, às 19h, uma apresentação musical com a Banda Boa.

CULTURA ALÉM-MAR
Vindos de Portugal, dois espetáculos serão apresentados pelo projeto chamado Fafe Cidade das Artes nesta quarta-feira, no Teatro Municipal Severino Cabral.

Labirinto de Amor e Morte será apresentado às 19h. Criado por Moncho Rodriguez e interpretado por Marta Carvalho, o monólogo mostra o universo feminino desvendado como em um sonho e a poética oculta do amor, morte e ressurreição.

Já Bululú, História da Invenção do Mundo poderá ser conferido às 21h, no mesmo local. Também de Rodriguez, o espetáculo encenado pelo ator Pedro Giestas e pela atriz brasileira Fernanda Pimenta conta a saga de dois comediantes tão antigos como o próprio teatro, mostrando uma visão crítica da dramaturgia.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.