Concursos e Empregos

Prefeituras vizinhas geram polêmica ao marcar concursos para mesmo dia

Candidatos reclamam por terem que optar entre Queimadas e Massaranduba. MP promete solução.




Karoline Zilah

Dois municípios na região metropolitana de Campina Grande, dois concursos públicos e uma mesma data para a aplicação das provas. Os candidatos às vagas oferecidas por Massaranduba e Queimadas, ambas no Agreste paraibano, estão enfrentando o dilema de ter que optar por um dos concursos para poder fazer as provas que estão marcadas para o dia 13 de março.

Alguns inscritos procuraram o Paraíba1 para reclamar que a empresa Consultec, responsável pela realização do certame de Massaranduba, prorrogou as inscrições e remarcou para o dia 13 de março a prova que seria no dia 27 de fevereiro. A data coincidiu com o dia das provas objetivas de Queimadas.

Por se tratar de dois municípios praticamente vizinhos, muitas das pessoas que se candidataram às 241 vagas de Queimadas também se inscreveram para as 155 oportunidades oferecidas em Massaranduba.

“Procurei orientação no Ministério Público, mas recebi a informação de que uma ação poderia ser muito demorada e que não haveria tempo de interferir antes das provas”, reclamou a professora Quitéria dos Santos, que concorrer a cargos de professor disponibilizados pelas duas prefeituras.

O prefeito de Massaranduba, Paulo de Oliveira, informou ao Paraíba1 que não tinha conhecimento de que as datas das provas nos dois municípios eram as mesmas, e admitiu que os candidatos poderiam se prejudicar por causa disso. Segundo ele, a Prefeitura irá cobrar um posicionamento da Consultec.

“Da parte da Prefeitura tem que haver imparcialidade. Acho que as empresas responsáveis deveriam tomar cuidado e chegar a um denominador comum para não realizar as provas no mesmo dia”, comentou o prefeito.

A reportagem procurou uma resposta da Consultec sobre o assunto, mas o atendente não prestou esclarecimentos sobre o concurso e disse que qualquer informação deveria ser consultada no edital.

O promotor Márcio Teixeira de Albuquerque responde tanto pela promotoria de Queimadas quanto pela promotoria do Patrimônio Público em Campina Grande, que abrange o município de Massaranduba. Ele disse que ainda não havia sido procurado para interferir no caso, mas comentou que poderá conversar com os dois prefeitos para que os calendários sejam organizados. Ele pediu que os candidatos se dirijam às promotorias da cidade para relatar o problema, para que o Ministério Público tome uma providência.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.