Concursos

Prefeitura de JP lança edital para Guarda Municipal

Inscrições serão feitas a partir desta quarta-feira (1) e vão até o dia 4 de março.




A Secretaria de Administração (Sead) de João Pessoa divulgou nesta segunda-feira (30) o edital de abertura de inscrições para o concurso público da Guarda Civil municipal. São oferecidas 250 vagas e a remuneração é de R$ 1.400,00 (vencimento e gratificação de atividade de risco). As inscrições serão feitas a partir desta quarta-feira (1) e vão até o dia 4 de março. A prova objetiva será aplicada no dia 25 de março e a taxa de inscrição custa R$ 65.

A empresa responsável pela realização da prova é o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). O concurso será constituído de duas etapas, sendo a primeira uma prova teórica, com caráter eliminatório e classificatório, para avaliar os conhecimentos intelectuais e, com caráter eliminatório, exames médicos, testes físicos e avaliação psicológica. A segunda fase será o curso de Formação, com caráter eliminatório e classificatório. O prazo de validade do concurso será de dois anos, contados a partir da data da homologação do resultado final, podendo, a critério da administração pública municipal, ser prorrogado uma vez pelo mesmo período.

Em razão da natureza, peculiaridades e características do cargo, não haverá reserva de vagas para portadores de necessidades especiais. Todas as informações e o edital estão disponíveis no site da prefeitura (www.joaopessoa.pb.gov.br) e no site www.esppconcursos.com.br. O edital será publicado ainda no Semanário Oficial da PMJP.

Entre as atribuições do cargo estão a atuação em atividades de natureza policial, envolvendo a execução e controle operacional inerentes ao cargo, fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes; atuar com força complementar dos órgãos e entidades da administração municipal, em instalações internas, equipamentos urbanos, monumentos, vias públicas, parques, jardins, praças e áreas de proteção ambiental. A jornada de trabalho é composta por 12 horas de trabalho e 36 horas de folga, diurno e/ ou noturno.

Requisitos

As vagas foram distribuídas da seguinte forma: 175 para homens e 75 para mulheres. Os requisitos para se inscrever são: ser brasileiro nato ou naturalizado; ter idade mínima de 18 anos e máxima de 45; ter, no mínimo 1,65m de altura, para homem e 1,55m, para mulher; estar em dia com o serviço militar (homens); ter carteira de habilitação, categoria ‘B’; não possuir antecedentes criminais; estar em dia com as obrigações eleitorais e no gozo dos direitos políticos; ter reputação ilibada comprovada, mediante documentação e possuir certificado de conclusão de curso de nível médio fornecida por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

Isenção

De acordo com uma lei municipal, estão isentos do pagamento da taxa de inscrição, os doadores de sangue e de medula óssea que, preenchendo as condições estabelecidas no edital, preencham o requerimento de solicitação da isenção, com a comprovação de que é um doador através de documento e enviar ou entregar o formulário de solicitação, para o IBFC. A relação dos pedidos deferidos será divulgada até o dia 17 de fevereiro no site do Instituto (www.ibfc.org.br).

Provas

A prova teórica consiste de questões de português, matemática, informática, conhecimentos gerais, sociologia, atualidade e noções básicas de direito. Os locais de aplicação das provas serão publicados no Semanário Oficial de João Pessoa e divulgados na internet até o dia 19 de março. As provas serão realizadas na capital

Para a realização do exame médico, serão convocados os candidatos classificados na Prova Objetiva, na quantidade de duas vezes o número de vagas. O exame tem o objetivo de avaliar a condição geral de saúde física dos candidatos, compreendendo os seguintes exames: radiografia de tórax; glicose; uréia; creatinina; hemograma completo; VDRL; EAS; EPF; exame ginecológico e mamas; audiometria; exame clínico odontológico e ECG e PSA (para candidatos a partir dos 40 anos).

A prova de capacidade física não será de caráter eliminatório e terá o candidato a condição de apto ou inapto. Como não será atribuída nota ao candidato, ficará mantida a classificação para os candidatos aptos de acordo com a prova objetiva. A prova consiste em quatro testes: corrida de 50 metros, corrida de 12 minutos, exercício de barra e abdominal. Os considerados aptos seguem para a prova de Avaliação Psicológica.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.