Concursos

Leia dicas de treinos e alimentação; visualize exercícios em fotos

Profissionais ensinam como ter bom desempenho.




Karoline Zilah

Veja dicas do major Antônio Josias e do educador físico Nilo Montenegro de como se preparar para as provas físicas.

Acesse a galeria de fotos para visualizar como são feitos os treinos.

TREINOS

– Procure um educador físico que prepare um treino adequado para o seu perfil;

– Comece a treinar pelo menos dois meses antes;

– No início, invista nas atividades físicas durante 40 minutos, cerca de três vezes por semana, e aumente gradualmente a intensidade dos treinos para cinco dias por semana;

– Num estágio mais avançado, é possível partir para séries de exercícios personalizados;

– Faça uma visita ao local de prova com antecedência e procure treinar em locais semelhantes para se acostumar com as dificuldades típicas do terreno;

– Prepare-se também psicologicamente. Tente manter a calma para evitar tremedeiras e pânico ao executar o movimento cobrado. Isso pode prejudicar sua performance.

– O ideal é que, na semana da hora, o candidato possa executar sem dificuldades as tarefas descritas no edital, dentro do tempo e da quantidade de repetições cobradas;

ALIMENTAÇÃO

O que se come e bebe no período de preparação e no dia da prova física também contribui para o bom desempenho do candidato. Confira algumas dicas:

– Aposte em uma dieta leve e balanceada, com saladas, carnes magras e arroz ou massas integrais;

– Nunca deixe de se alimentar. Lembre-se do ditado popular: “saco vazio não para em pé”;

– Como as provas são demoradas e acontecem em locais abertos, onde os candidatos ficam expostos ao sol e ao calor, não esqueça de levar água ou energéticos para se hidratar. “Na hora H, muitos candidatos passam mal e perdem tudo. Tem gente que obtém uma ótima pontuação na prova objetiva, mas acaba sendo eliminada por descuido na prova física”, comenta o major Josias;

– Barras de cereais ou frutas são os alimentos sólidos mais indicados para o dia da prova. Eles devem ser consumidos até 30 minutos antes do exercício, para evitar que o candidato se sinta enjoado, especialmente se sofrer de refluxo;

– Com a orientação do educador físico ou de um nutricionista, o candidato pode adicionar em sua bebida alguns suplementos vitamínicos ou compostos de carboidratos que poderão ser ingeridos entre uma prova e outra. O organismo absorve os líquidos de forma mais rápida e o transforma na energia que o corpo necessita para contrair os músculos e realizar os movimentos.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.