Concursos

HU de João Pessoa convoca profissionais aprovados em processo seletivo para atuação contra Covid-19

Os interessados precisam enviar, por e-mail, a documentação exigida até a próxima sexta-feira (22).




O Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), iniciou uma nova convocação de profissionais aprovados no Processo Seletivo Emergencial da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Esta será a última chamada e contempla mais de 60 profissionais de oito cargos das áreas médica e assistencial. A seleção foi realizada em caráter excepcional para atuação no enfrentamento a Covid-19.

+ Confira os nomes convocados nos editais 01/2020, 02/2020 e 03/2020

Os interessados precisam enviar a documentação exigida até a próxima sexta-feira (22) para o endereço eletrônico divgp.hulw@ebserh.gov.br. Os convocados receberam e-mail da Divisão de Gestão de Pessoas (DivGP) com um documento em anexo listando toda a documentação necessária para a contratação.

“É necessário que essa documentação seja escaneada e enviada para o mesmo e-mail. Em seguida, os candidatos serão convocados para o exame admissional, caso os documentos estejam em conformidade ao exigido no edital da seleção”, explicou o chefe da DivGP, Emmanuel Dias.

Estão sendo convocados aprovados nos cargos de enfermeiro, fisioterapeuta, médico, enfermeiro – saúde do trabalhador, biomédico, farmacêutico, técnico em enfermagem e técnico em radiologia, cujas vagas são referentes aos processos de seleção n° 01/2020, 02/2020, e 03/2020. Os chamamentos tiveram início em abril do ano passado.

O processo seletivo tem como objetivo suprir a Rede Ebserh com profissionais que atuarão na linha de frente de combate à Covid-19. “Essa nova contratação vai trazer um alento para o Hospital de maneira significativa, a fim de seguirmos prestando assistência de qualidade para os nossos pacientes”, destaca o superintendente do HULW, Marcelo Tissiani.

De acordo com o edital, a ausência do candidato nas datas e horários definidos ou a não apresentação de qualquer um dos documentos exigidos para a contratação implicará na exclusão do candidato do processo seletivo emergencial. A seleção é de caráter urgente e temporária, apenas enquanto durar o estado de calamidade decretado pelo Governo, não impactando os concursos públicos em andamento, que continuam seguindo seus trâmites normais.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.