Concursos e Empregos

Concursados da Saúde exigem nomeações; Prefeitura elabora recurso

Aprovados da Prefeitura de JP fazem passeata exigindo nomeações. Procuradoria tem até 25 de fevereiro para contestar obrigação de nomear todos os concursados.




Karoline Zilah
Com fotos de Walter Paparazzo

Aprovados no concurso da Prefeitura de João Pessoa para a área de Saúde fizeram uma passeata no Centro de João Pessoa na manhã desta sexta-feira (18) reivindicando suas nomeações. Eles pedem o cumprimento de uma ação civil pública aceita pela Justiça, determinando a convocação imediata de todos os concursados e a demissão dos funcionários temporários que foram contratados para as vagas oferecidas no certame.

O processo foi movido pela Promotoria de Justiça do Patrimônio Público contra a Prefeitura da Capital. O procurador adjunto do município, Lucas de Britto Pereira, anunciou o interesse do órgão em entrar com um recurso contra as decisões. O documento passa por análise do procurador geral, Geilson Salomão.

Oficialmente, a Procuradoria-Geral de João Pessoa tem um prazo até o dia 25 de fevereiro para contestar no Tribunal de Justiça as nomeações imediatas e as demissões dos atuais funcionários.

A determinação foi expedida pela juíza substituta da 7ª Vara da Fazenda da Capital, Flávia da Costa Lins, no dia 27 de janeiro. A partir da data de intimação, foi aberto um prazo de 20 dias para que a Prefeitura se manifeste caso queira impetrar um recurso no Tribunal de Justiça.

O resultado do concurso para 1,1 mil vagas foi homologado no dia 29 de julho de 2010. Desde então, 180 aprovados foram convocados para assumir seus cargos. A última chamada incluindo 110 nomes aconteceu no dia 16 de fevereiro.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.