Concursos e Empregos

115 concorrem a uma vaga de estágio de Direito em fundação

Das 118 inscrições submetidas, três foram indeferidas. Provas acontecem nesta segunda-feira.




Da assessoria

A seleção para o preenchimento de uma vaga de estágio para estudantes de Direito na Fundação Margarida Maria Alves foi uma das mais procuradas da história da entidade, que fundou o programa em 1999.

Entre os dias 9 e 13 de agosto, 118 pessoas se inscreveram para o concurso. Desses, 115 formulários foram validados. A procura foi maior entre as mulheres: foram 76 candidatas contra 39 candidatos. Desses, 90% são da Unipê, 9% da UFPB e apenas 1% da Fesp.

Clique aqui para baixar a lista completa de concorrentes

Houve três inscrições não validadas por que os pretendentes à vaga não estavam matriculados nas três instituições conveniadas com a fundação. Apenas alunos da UFPB, Unipê e Fesp poderiam concorrer.

De acordo com a assessoria de imprensa da fundação, o convênio entre as instituições é necessário para a validação do estágio; sem ele, o contrato de trabalho não estará conforme a Lei n°11.788/2008, conhecida como a Nova Lei do Estágio.

Os alunos de outras instituições que desejam concorrer futuramente às vagas (remuneradas ou voluntárias) na Fundação Margarida Maria Alves devem procurar as coordenações de seus cursos para solicitar a feitura desse contrato.

A próxima etapa da seleção, a prova escrita, acontece nesta segunda-feira (16), a partir das 14h. Devido ao grande número de candidatos, outro local para a prova teve de ser providenciado.

Os 80 primeiros inscritos serão alocados na Sala Forró do JR Hotel, na rua Rodrigues Chaves, n° 87, Centro. Os outros 35 participantes ficarão no auditório da sede da Fundação (rua Irineu Joffily, n° 185, Centro, João Pessoa).

O resultado da correção das provas será divulgado no dia 20, em nosso site.

Os aprovados nesta nova fase serão submetidos a uma entrevista, marcada para os dias 23 e 24 de agosto, conforme a quantidade de classificados.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.