Brasil

TJ condena shopping a indenizar a vítima de atirador em cinema

TJ reformou sentença anterior e estabeleceu indenização em R$ 50 mil. Em 1999, Mateus da Costa Meira matou 3 e feriu 4 em cinema.




Do G1

O Morumbi Shopping foi condenado a indenizar em R$ 50 mil a engenheira agrônoma Andréa Cury Lang, uma das vítimas do estudante de medicina Mateus da Costa Meira, que em 3 de novembro de 1999 invadiu um cinema do shopping e atirou com uma submetralhadora calibre nove milímetros.

Andréa foi atingida no glúteo e o namorado dela, morto com um tiro no rosto. Ao todo, três pessoas morreram e outras quatro se feriram durante a sessão do filme Clube da Luta.

A sentença do TJ reforma uma decisão anterior, do juiz de primeira instância Gustavo Santini Teodoro, da 23ª Vara Cível da capital, que havia considerado improcedente a ação de danos morais e psicológicos. O advogado de Andréa entrou com recurso. Ele foi julgado pela 5ª Câmara de Direito Privado no dia 9 de outubro. Por unanimidade, a sentença foi reformada e o shopping, condenado a pagar a indenização.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o Morumbi Shopping afirmou ter conhecimento da decisão e que vai recorrer “por entender que se trata de fato atípico, imprevisível e inevitável”. Em caso de condenação com decisão definitiva, o shopping afirma que “dentro do prazo legal efetuara o pagamento devido”.

A engenheira decidiu entrar com uma ação cível por considerar falha de segurança do shopping e da empresa cinematográfica, proprietária da sala, ao ter sido baleada dentro do cinema. Inicialmente, ela reivindicou junto à Justiça uma indenização correspondente a 1.500 salários mínimos, o que corresponderia a mais de R$ 690.000 nos dias de hoje.

Meira foi condenado a 120 anos e seis meses de prisão por triplo homicídio, por tentativa de homicídio de outras quatro pessoas e colocar em risco a vida de mais 15 pessoas. Laudo do Instituto Médico Legal (IML) indiciou que o estudante de medicina estava sob efeito de cocaína.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.