Brasil

Receita Federal começa a investigar sonegadores nesta segunda

Operação vai fiscalizar 1,7 mil empresas suspeitas de sonegação fiscal em todo o Brasil, mas número de sonegadores pode chegar a 6,5 mil.




Da Redação
Com informações da Agência Brasil

A Receita Federal do Brasil começa nesta segunda-feira (23) uma grande operação de combate à sonegação nas contribuições previdenciárias. Durante a semana, 1,7 mil empresas começam a ser visitadas pelos fiscais da Receita, mas o número total de empresas com indícios de sonegação na contribuição previdenciária que serão investigadas nesta etapa chega a quase 6,5 mil.

A operação faz parte da Estratégia Nacional de Autuação Fiscal (Enaf) para 2008. As investigações começaram no ano passado após a fusão entre as Secretarias da Receita Federal e da Receita Previdenciária, quando foi possível cruzar as informações armazenadas nos computadores dos dois órgãos.

Os sistemas informatizados da Receita confrontaram os dados declarados pelas empresas em documentos como as Guias de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e de Informações à Previdência Social (GFIP), a Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf) e a Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoas Jurídicas.

Esta é a terceira etapa da Enaf e a primeira vez que a Receita Federal faz esse tipo de fiscalização com foco na contribuição previdenciária. A Enaf 2008 começou a ser realizada em março com foco nas pessoas físicas. A segunda etapa envolve empresas e pessoas físicas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.