Brasil

Morre torcedor são-paulino atingido por tiro no DF

No último boletim hospitalar, torcedor já estava em coma profundo. Nilton César de Jesus foi atingido na nuca do lado de fora do Bezerrão.




Do G1

A assessoria de imprensa do Hospital de Base do DF confirmou ao G1 que o torcedor são-paulino Nilton César de Jesus veio a óbito na manhã desta quinta-feira (11), mas não deu mais detalhes. A informação da morte do torcedor também foi confirmada pela Secretaria de Saúde do DF à TV Globo. Ele foi baleado na nuca pouco antes do jogo de futebol no domingo (7), no estádio do Bezerrão, no Gama (DF).

O paciente necessitava de medicamentos para manter a pressão arterial e cardíaca. Na noite de quarta-feira (10), ele havia sido transferido da área de terapia semi-intensiva para a UTI. A vítima respirava com ajuda de equipamentos e já não respondia a estímulos.

No último boletim divulgado pelo hospital, na manhã desta quinta, Nilton já estava em coma profundo. Neurologicamente, ele permanecia, desde terça-feira (9), no grau 3 na Escala de Coma de Glasgow, que vai de 3 (mais grave) até 15 (menos grave).

Segundo apuração do Bom Dia DF, a equipe de advogados da família informou que a mãe e o irmão de Nilton César, que vieram de São Paulo acompanhar o tratamento, estão recebendo ajuda do governo. Por enquanto, eles não pretendem mover uma ação contra o estado. “Está correndo um inquérito policial, nós vamos fazer o acompanhamento, para seja feito de forma isenta”, afirma o advogado Luis Felipe Rangel.

O sargento da Polícia Militar José Luiz Carvalho Barreto, apontado como o responsável pelo tiro que acertou o rapaz, foi solto na segunda-feira (8) e responde ao processo em liberdade provisória.

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.