Brasil

Marinha diz que seis corpos estão a bordo de navio francês

Vítimas serão consideradas quando passarem para navios brasileiros. Apenas destroços foram recolhidos pelas equipes de buscas nesta sexta.



Reprodução Globo News
Reprodução Globo News
Tenente brigadeiro Ramon Cardoso fala à imprensa

Do G1

O comandante do 3º Distrito Naval, vice-almirante Edison Lawrence, afirmou nesta sexta-feira (12), que seis corpos de possíveis vítimas do voo 447 da Air France estão a bordo de um navio francês. As vítimas, porém, serão consideradas apenas quando passarem para navios brasileiros. Por enquanto, o número oficial de corpos recolhidos permanece em 44.

“Temos conhecimento de que existem mais seis corpos a bordo do navio francês Mistral, mas só vamos considerá-los quando eles forem transladados para o navio brasileiro”, afirmou Lawrence.

Leia mais no G1

O Airbus da Air France transportava 228 pessoas de 32 nacionalidades, entre passageiros e tripulantes. O voo, de número 447, deixou o Rio de Janeiro no dia 31 de maio às 19h30 (horário de Brasília) e fez o último contato de voz às 22h33. Às 22h48, o avião saiu da cobertura do radar de Fernando de Noronha.

O tenente-brigadeiro Ramon Cardoso afirmou que os corpos dos navios franceses deverão ser transportados para algum navio brasileiro antes que as embarcações retornem a Fernando de Noronha. Porém, não há previsão para nenhuma dessas ações.

Nesta sexta (12), navios brasileiros recolheram alguns destroços e pertences pessoais de passageiros que estariam no avião.

Segundo Cardoso, ainda não é possível determinar com segurança um ponto de impacto do avião. As equipes determinaram uma área onde possivelmente ocorreu o acidente. A partir dessa área, que tem 70 quilômetros de raio, foram feitos os cálculos para estabelecer a região das buscas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.