Brasil

Corpo de atirador de Realengo segue no IML; nenhum parente foi identificá-lo

Nenhum parente do atirador de Realengo, Wellington Menezes de Oliveira, apareceu no Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro, até o momento, para identificar o corpo e liberá-lo para o enterro.




Da Agência Brasil

Nenhum parente do atirador de Realengo, Wellington Menezes de Oliveira, apareceu no Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro, até o momento, para identificar o corpo e liberá-lo para o enterro. Por isso, o corpo já está no IML há cerca de 90 horas, desde que foi retirado da Escola Municipal Tasso da Silveira, onde Wellington matou 12 crianças, feriu 12 e se matou em seguida.

De acordo com a Polícia Civil, a família tem até o dia 22 de abril para comparecer ao IML, com a devida documentação, para liberar o corpo. Caso contrário, Wellington será enterrado como indigente.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.