Brasil

Briga entre torcedores de Corinthians e Vasco mata um em SP

Uma pessoa morreu e oito ficaram feridas em confronto na noite de quarta-feira. Detidos foram levados durante a madrugada para o DHPP.




Do G1

A briga entre torcedores do Corinthians e do Vasco que acabou com a morte de um rapaz e deixou outras oito pessoas feridas na noite de quarta-feira (3) também resultou em 27 torcedores detidos. O confronto aconteceu pouco antes do jogo entre os dois times, na região da Ponte das Bandeiras, Zona Norte de São Paulo, segundo informou a Polícia Militar (PM).

O trânsito estava interditado no local para a passagem de um comboio de 15 ônibus com vascaínos que vinha do Rio de Janeiro e seguia para o estádio do Pacaembu. Eles eram escoltados pela Polícia Militar. No caminho, encontraram um ônibus que levava corintianos para o estádio.

Ainda não se sabe como começou a briga. Um torcedor corintiano que não quis se identificar disse que foram os vascaínos. Um ônibus foi depredado, uma moto incendiada e até carros não foram poupados. Pedaços de ferro, madeira, pedras e rojões foram as armas usadas na briga.

Os nove torcedores que ficaram feridos no confronto foram levados para o pronto-socorro Santana. Um deles morreu antes mesmo de dar entrada no hospital. Ele levou vários golpes na cabeça, e chegou ao hospital sem roupa e documentos. O corpo ainda não foi identificado.

Os vinte e sete torcedores detidos por causa da briga foram levados para o 13º Distrito Policial (Casa Verde). Três já tinham passagem pela polícia e um era procurados pela Justiça. Durante a madrugada, todos foram transferidos para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, que vai investigar o caso.

Próximo ao estádio do Pacaembu, pouco antes do fim do jogo, um ônibus da torcida do Vasco foi incendiado. A PM, que fazia a escolta da torcida do Vasco na hora do confronto, não quis falar sobre a briga, e alegou que ainda está investigando o caso.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.