Vida Urbana

Vítimas da explosão de botijão de gás morrem no Trauma de CG

Mulher faleceu na manhã do domingo (17) e o homem morreu na manhã dessa segunda-feira (18).



Reprodução/TV Paraíba
Reprodução/TV Paraíba
O acidente foi registrado no dia 10 de julho, no bairro da Liberdade

Morreram no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande as duas vítimas da explosão causada por um vazamento em um botijão de gás, que aconteceu no bairro da Liberdade, em Campina. De acordo com a unidade hospitalar, Cristiana Salustino da Silva, 29 anos, e Fabiano França Albuquerque, 36 anos, estavam internados há uma semana no hospital em estado grave e na últimas 24 horas  acabaram apresentando complicações, de modo que não resistiram a gravidade dos ferimentos e vieram a óbito. 
 
A mulher faleceu na manhã do domingo (17) e o homem morreu na manhã dessa segunda-feira (18). As vítimas eram vizinhas e o acidente foi registrado no dia 10 desse mês em um prédio  quando Cristiana, que era dona de casa, percebeu um vazamento e chamou Fabiano para ajudá-la. No momento em que eles acenderam a luz do local, houve a explosão. As vítimas foram atingidas pelas chamas e socorridas para o Hospital de Trauma com cerca de 70% do corpo queimado, segundo o Corpo de Bombeiros.
 
Ainda de acordo com os Bombeiros, com a explosão algumas paredes caíram e muitos eletrodomésticos ficaram destruídos. Além disso, três carros foram atingidos. No dia 11 de julho a Defesa Civil de Campina Grande interditou o prédio onde foi registrado o acidente


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.