Vida Urbana

Vendaval assusta moradores do município de Catingueira

O fenômeno durou aproximadamente 20 minutos e derrubou a parede do estádio de futebol o “Vovozão”.




Uma chuva acompanhada de vendaval assustou os moradores do município de Catingueira, no Sertão do Estado, na tarde do último domingo. O fenômeno durou aproximadamente 20 minutos e derrubou a parede do estádio de futebol o “Vovozão”, destelhou algumas casas e deixou a cidade sem energia elétrica por mais de quatro horas.

O blogueiro Tardelli Pires, 27 anos, morador de Catingueira, disse que os ventos foram bastante fortes e deixaram a população aflita. “Todos querem que chova, mas essas chuvas acompanhadas por vento vêm assombrando as pessoas da cidade. Na semana passada, também foi registrada outra ventania, que derrubou árvores, arrancou a cobertura de um comércio local e destelhou casas”, afirmou.

A meteorologista Marle Bandeira, da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), disse que o órgão não foi informado sobre o vendaval. Apenas a chuva de 12 milímetros foi registrada. Ela explicou que o evento climático é comum e é proveniente das altas temperaturas combinadas com a pressão atmosférica. Para os próximos dias, continua a previsão de chuvas isoladas no Estado e a ocorrência de vendavais, seguidos de precipitações rápidas, não descartadas para o Sertão. A previsão de chuvas esta semana vale para todo o Estado.

A reportagem do JORNAL DA PARAÍBA entrou em contato com a Prefeitura de Catingueira para saber o balanço dos prejuízos e as providências tomadas para recuperar os imóveis destruídos. O telefone disponível na prefeitura é um orelhão e ninguém atendeu às chamadas. Na Câmara Municipal, nenhum vereador se encontrava para falar em nome do poder público.

Na madrugada da última segunda-feira, choveu em 46 cidades da Paraíba. O maior volume foi em Belém do Brejo do Cruz, Sertão, onde choveu 48,7 milímetros (mm). Também choveu 36 mm em Cajazeiras e 28 mm em São José de Piranhas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.