Vida Urbana

Venda de imóveis em João Pessoa cresce 20% durante primeiro trimestre

Número atual é o melhor registrado desde o primeiro trimestre de 2016.




Foram vendidas 1.075 unidades habitacionais na cidade (Foto: Rizemberg Felipe)

Foram vendidas 1.075 unidades habitacionais na cidade (Foto: Rizemberg Felipe/Arquivo)

A venda de imóveis em João Pessoa cresceu cerca de 20% no primeiro trimestre de 2018, comparado ao mesmo período do ano anterior. Foram vendidos neste período, o total de 1.075 unidades habitacionais na cidade, enquanto no primeiro trimestre de 2017 as negociações totalizaram apenas 893 vendas. O resultado é o melhor registrado desde o primeiro trimestre de 2016, quando na época foram consolidadas 1.323 vendas  no mercado imobiliário.

O crescimento das unidades vendidas reflete também no estudo do Índice de Velocidade de Vendas (IVV), que calcula as negociações de imóveis lançados no mercado da construção civil para o consumidor. O número registrado neste trimestre representa o índice de 6,04%, o que corresponde ao crescimento de 1,31% comparado ao mesmo período de 2017 quando na época o índice era de 4,73%.

O percentual atual do IVV também é superior ao resultado dos últimos três anos, considerando o mesmo período, semelhante ao percentual do ano de 2014 que registrou o número 6,2%. O  melhor Índice de Velocidade de Vendas foi alcançado em 2010, atingindo 9,48%. Os dados que indicam a mudança no cenário do mercado de imóveis em João Pessoa são do Sindicato da Indústria da Construção Civil de João Pessoa (Sinduscon-JP).

Segundo o presidente do Sinduscon-JP, João Barbosa de Lucena, os números registrados pelo mercado imobiliário durante o primeiro trimestre refletem uma mudança para melhor em consequência da retomada do crescimento da economia. “Mesmo que ainda seja em ritmo lento, em consideração da inflação em cerca de 3% e a taxa Selic abaixo de 7%, esses índices interferem diretamente no mercado”, disse.

Obra (Foto: Francisco França)

Estoque de imóveis prontos para venda caiu no período (Foto: Francisco França/Arquivo)

Número de imóveis prontos para morar é menor

Atualmente a cidade de João tem 6.464 imóveis disponíveis no mercado para morar, cerca de 5% a menos comparado ao período de março do ano anterior quando haviam  6.774 unidades prontas. Em 2017, o número era de 7.174 imóveis. “Esses imóveis prontos costumamos dizer que ficam em estoque a espera de negociações. Quando há redução significa dizer que o mercado começa a destravar e isso é importante do ponto de vista econômico porque gera um aquecimento nas transações. Esse número total também inclui imóveis que são vendidos em determinadas situações e depois o comprador por alguma razão não consegue continuar o financiamento”, explicou João Barbosa de Lucena.

Área Sul tem maior crescimento

A área Sul de João Pessoa, segundo dados do Sinduscon-JP, é a que mais cresce em empreendimentos imobiliários concentrando cerca de 40% das negociações feitas no mercado. A região compreende aos bairros dos Bancários, Mangabeira, Geisel e Valentina. “O crescimento nessa área acontece em questão da disponibilidade de terrenos para construção, o que diminui consideravelmente o custo do projeto final e, permite para empresa também, melhorar o empreendimento oferecendo mais opções de comodidade para o consumidor”, concluiu o presidente do Sinduscon-JP.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.