Vida Urbana

Transposição: PM prende suspeitos de provocar rompimento de canal para desviar água

Trecho do Eixo Norte do Projeto de Integração foi rompido entre os municípios de Terra Nova e Salgueiro (PE).




Canal do Eixo Norte, que vai levar água para a Paraíba, rompeu em Salgueiro (PE) (Foto: Willian Carvalho/ Arquivo pessoal )

A Polícia Militar de Pernambuco prendeu suspeitos de terem provocado o rompimento de trecho do canal do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, localizado entre os municípios de Terra Nova e Salgueiro, naquele estado, na tarde de sábado (11).

Os policiais chegaram aos suspeitos, cujo nomes não foram revelados, após receber denúncias de alguns moradores locais. As testemunhas informaram a PM que as pessoas estavam tentando desviar o curso d’água daquele ponto para que fosse possível encher um reservatório nas imediações.

Em nota divulgada à Imprensa, o Ministério da Integração informou que ocorreui um rompimento pontual e técnicos já estão no local, atuando para recuperação da estrutura que deverá ser normalizada em até 48 horas. Também designaram equipes para verificar todo o perímetro e avaliar possibilidades de danos a comunidades no entorno.

A obra havia sido entregue há uma semana pelo presidente Michel Temer. Esta é a terceira estação de bombeamento do Eixo Norte (EBI-3). O Ministério da Integração, responsável pela construção, informou que há evidências de que o rompimento tenha sido provocado por um ato criminoso.

Metas do Eixo Norte

A previsão é que a água do Rio São Francisco percorra todo o Eixo Norte ainda neste ano de 2018. No início de fevereiro, o Governo Federal acionou a segunda estação de bombeamento (EBI-2) do eixo, em Cabrobó (PE). O funcionamento permitiu que as águas do ‘Velho Chico’ continuem avançando pelos canais do trecho até perenizar o açude Nilo Coelho, na cidade de Terra Nova (PE), no momento com o nível baixo. A iniciativa irá reforçar o abastecimento e garantir segurança hídrica a 9,2 mil habitantes do município – 4,2 mil na área rural e 5 mil na urbana.

META 1N – (140 quilômetros): Vai da captação do Rio São Francisco, no município de Cabrobó (PE), até o reservatório de Jati, em Jati (CE). As obras passam pelos municípios de Cabrobó (PE), Terra Nova (PE), Salgueiro (PE), Verdejante (PE) e Penaforte (CE).

META 2N – (39 quilômetros): Começa no reservatório Jati, no município de Jati (CE), e termina no reservatório Boi II, no município de Brejo Santo (CE). Este trecho passa pelos municípios de Jati, Brejo Santo e Mauriti, no estado do Ceará.

META 3N – (81 quilômetros): Estende-se do reservatório Boi II, no município de Brejo Santo (CE), até o reservatório Engenheiro Ávidos, no município de Cajazeiras (PB). Este trecho passa pelos municípios de Brejo Santo (CE), Mauriti (CE), Barro (CE), Monte Horebe (PB), São José de Piranhas (PB) e Cajazeiras (PB).

 

 

 

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.