Vida Urbana

Tiroteio em Mandacaru deixa um morto e dois feridos

Vítima passava no local no momento dos disparos.    




Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas durante um tiroteio no bairro de Mandacaru, em João Pessoa, na madrugada do domingo (9). De acordo com testemunhas, homens armados desceram de um carro e começaram a atirar contra um grupo de amigos. Familiares do servidor público Paulo Cipriano de Oliveira, de 37 anos, dizem que ele foi morto após ser atingido por uma bala perdida enquanto passava pelo local.

As outras duas vítimas – um rapaz de 21 anos e uma adolescente de 15 – foram baladas na perna e encaminhadas para o Hospital de Trauma de João Pessoa. Na manhã de domingo, após receber alta, a jovem, que não quis gravar entrevista, disse que estava conversando com amigos quando um dos conhecidos dela, o homem de 21 anos, discutiu com outro rapaz.

Ainda de acordo com ela, esse rapaz saiu dizendo que iria voltar para matar o amigo dela. Pouco tempo depois, segundo a adolescente, veio um carro, e os ocupantes desceram atirando contra o grupo. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que pode usar câmeras de segurança instaladas na localidade para desvendar o crime.

Um amigo de Paulo Cipriano, Márcio Amorim, lamentou o ocorrido e disse que a vítima não tinha problema com ninguém. "Uma pessoa do bem, não tinha inimigos, prestativo para toda a comunidade. Me falta até palavras para expressar", afirmou.

Torre

Na noite de domingo (9), dois jovens, um de 23 e outro de 26 anos, foram baleados no bairro da Torre, em João Pessoa. Após sair de uma festa em Mandacaru, eles também foram feridos por homens armados que tinham descido de um carro.

Os rapazes tinham saído da festa em um clube em Mandacaru e andavam de moto. Por volta das 23h30, ao passarem perto do Hospital Samaritano, na Torre, um carro parou ao lado deles e os ocupantes do veículo dispararam os tiros. As vítimas foram levadas para o Hospital de Trauma.