Vida Urbana

Termina nesta sexta prazo para pagar IPTU com desconto em Campina Grande

Contribuinte que não pagar pode ter o seu nome incluído no Serasa.




Secretário de Finanças Joab Pacheco diz que não haverá mais prorrogação para pagar IPTU com desconto

Os proprietários de imóveis em Campina Grande têm até esta sexta-feira (6) para pagar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2018 em cota única e com desconto de 10%. Este prazo já é resultado de prorrogação, já que se encerraria inicialmente no dia 20 de março.

De acordo com o secretário municipal de Finanças, Joab Pacheco, foram enviados cerca de 150 mil carnês aos contribuintes. Ele destaca que o pagamento em dia do IPTU é uma forma de sua contribuir para a execução com a execução de muitas obras em favor da própria comunidade, sobretudo no setor de infraestrutura, a exemplo da pavimentação de ruas. Mesmo com a mudança da data, o secretário explicou que não é preciso a emissão de outros boletos.

Além do Banco do Brasil e seus correspondentes (PagFácil e Correios), os contribuintes podem quitar o IPTU 2018 através das casas lotéricas da Caixa Econômica Federal. Para os correntistas dessas duas instituições financeiras, os respectivos aplicativos também poderão ser usados para o pagamento do imposto, assim como os terminais eletrônicos. O titular da Sefin afirmou que, caso não queiram esperar os carnês, os contribuintes poderão acessar o site oficial da Prefeitura Municipal (www.campinagrande.pb.gov.br) e imprimir a segunda via do boleto de pagamento.

Joab Pachecou explicou que, para isso, basta localizar a seção “CIDADÃO”, no canto superior do site, e clicar em “2ª VIA IPTU”. “O passo seguinte é digitar na tela o número de inscrição, que consta no carnê do IPTU do ano passado, e retirar a segunda via para efetuar o pagamento”, detalhou o secretário de Finanças.
Joab Pacheco explicou também que os contribuintes campinenses podem optar ainda pelo parcelamento do IPTU 2018. “No carnê constam boletos para pagamento em cota única, alternativa que é vantajosa por conta dos 10% de desconto para quem se encontra em dia com o tributo, e também tem as opções de parcelamento. Vale registrar que a parcela mínima é de R$ 50 e o valor total pode ser dividido em até 10 parcelas”, afirmou.

Na Serasa

De acordo com o secretário Joab Pacheco, das Finanças de Campina Grande, a cobrança dos devedores tem por base a Lei nº 12.767, de 27 de dezembro de 2012, aprovada pelo Congresso Nacional. Dessa forma, existe a possibilidade de protestar as dívidas anteriores do IPTU, ou seja, quem não pagar será penalizado e pode ter o seu nome incluído no Serasa.

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.