Vida Urbana

Sobe para 40 o número de casos de sarampo confirmados na Paraíba

As vítimas estão localizadas em 16 municípios paraibanos.




O número de casos de sarampo confirmados na Paraíba subiu para 40, conforme dados da  Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgados nesta segunda-feira (18). Segundo o Boletim Epidemiológico, foram notificados 317
casos suspeitos de sarampo, em 73 dos 223 municípios paraibanos. Do total de notificações, 40 casos foram
confirmados (12,62%), 172 descartados ( 54,26%), 105 em investigação ( 33,12%).

Dos 73 municípios com notificações de casos suspeitos, 16 apresentaram confirmação de casos. A maior parte está concentrada em João Pessoa, onde são 15 casos confirmados, seguido por Campina Grande, Bayeux e Santa Rita, onde foram confirmados 3 casos para cada; Barra de São Miguel (2), Santa Cecília (2), São Miguel de Taipu (2), Sousa (2), Bananeiras (1), Cabedelo (1), Conde (1), Congo (1), Guarabira (1), Imaculada (1), Lagoa Seca (1) e Santa Cruz (1).

Grupo de risco

Dos casos confirmados, a SES observou que crianças menores de 5 anos (14 casos) e adultos jovens de 20 a 29 anos (9 casos) respondem por 57,5% do total de casos confirmados quando analisamos a faixa etária. A estratégia, destaca a SES, para essas faixas etárias, são a realização das ações que devem ser mantidas, a primeira etapa de vacinação já concluída mantendo-se na rotina das salas de vacina e essa segunda etapa da Campanha de Vacinação que iniciasse nesta segunda-feira para a faixa etária de 20 a 29 anos

Imunização

O Estado da Paraíba encontra-se com 103 % de cobertura vacinal, até o 03 de outubro. Quanto a homogeneidade de cobertura, dos 223 municípios paraibanos 149 (66,81%) apresentam coberturas vacinais adequadas, conforme recomendação do Programa Nacional de Imunização (PNI).

O que demonstra que no geral a meta estadual foi atingida (cobertura de 95%), porém quando avaliado a cobertura de cada município, 74 municípios não atingiram meta. Segundo dados do Ministério da Saúde 52,26% dos municípios da Paraíba não cumpriram a meta de 95% de vacinação para crianças com idade de um ano.

O cumprimento da meta é fundamental para que os municípios recebam a segunda parte da verba federal. Na Paraíba, devem ser investidos R$ 3,99 milhões para a campanha de vacinação, sendo que só foi liberado a primeira metade. A segunda será transferida apenas ao município que atingir a meta.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.