Vida Urbana

Sintur detecta mais de 15 mil acessos irregulares nos ônibus de João Pessoa

Dados se referem a agosto, quando foi implantado o sistema de biometria facial.




Uma análise realizada pelo Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa (Sintur-JP) no sistema de biometria facial nos ônibus que operam em João Pessoa detectou que dos 420.844 acessos para verificação, em 15.404 deles os usuários podem ter entrado nos coletivos de forma irregular no mês de agosto. Os dados foram apurados junto aos aos centros de operações das empresas, após a implantação completa do sistema de biometria facial no transporte público municipal.

Segundo o estudo, o maior número de acessos irregulares foi com o Passe Legal Estudantil, representando 76% do total. Já no cartão de gratuidade, que é a outra categoria que está tendo acesso aos ônibus através da biometria facial, foram 3.778 entradas irregulares em agosto. O resultado foi o bloqueio de 1.090 cartões do Passe Legal Estudantil e de gratuidade, no mês passado.

“Essa estimativa dos acessos irregulares de agosto representa uma evasão de receita de mais de R$ 60 mil para o sistema, o que gera prejuízos para toda a cadeia, inclusive para o município, que deixa de arrecadar impostos”, pontua o diretor institucional do Sintur-JP, Isaac Junior Moreira.

Biometria facial

Implantada este ano nos ônibus que operam em João Pessoa, a biometria facial contempla apenas usuários do transporte público que possuem algum tipo de benefício na passagem. Por enquanto, os estudantes e os passageiros que têm direito à gratuidade são os que acessam os coletivos por meio do reconhecimento facial.

De acordo com o Sintur-JP, a orientação para quem tiver o cartão bloqueado é comparecer à sede do sindicato na Rua 13 de Maio, Centro, João Pessoa. Lá, o usuário é notificado da irregularidade, fará um novo cadastro e solicitará um novo cartão de acesso aos ônibus.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.