Vida Urbana

Saneamento básico: apenas 36,12 % da população da Paraíba tem acesso a água e esgoto

Dados estão no Diagnósticos da Prestação de Serviços de Saneamento Básico 2018.




Foto: Herbert Clemente

Novo estudo divulgado nesta terça-feira (10) pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) revelam que apenas 36,12 % da população da Paraíba atendida com abastecimento d’água também usufruem de esgotamento sanitário em suas residências. Em números, quer dizer que 1.443.524,60 habitantes do estado com acesso a água não tem esgoto em suas casas.

Os números constam do Diagnósticos da Prestação de Serviços de Saneamento Básico 2018 do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento, indica, ainda, que a tarifa média do custo da água no estado é de 4.18 R$/m³, abaixo da média regional (4.24 R$/m³), mas acima da nacional (4.17 R$/m³).

Além do abastecimento de água e esgotos, também são apontados números referentes a situação das águas pluviais e dos resíduos sólidos. No primeiro caso, o estudo apontou que 90 (40.36 %) municípios paraibanos tem planos de manejo de águas pluviais não iniciados e 133 (59.64 %) finalizado e analisado. Já com relação aos resíduos sólidos, 97 (43.50 %) municípios da Paraíba não iniciaram o atendimento de coleta enquanto 126 (56.50 %) está finalizado ou analisado.

Dados nacionais

A cobertura nas redes de esgotamento sanitário no Brasil cresceu 4,1%, em 2018, alcançando um total de 325,6 mil quilômetros, com mais 2 milhões de pessoas atendidas. O mesmo ocorreu com as redes de água potável, que registraram aumento de 3,4%, passando a ter 662,6 mil quilômetros. Os dados foram apresentados hoje (10) pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

O levantamento reúne informações obtidas junto a 9.780 prestadores de serviços de água, esgotos, manejo de resíduos sólidos urbanos, drenagem e manejo das águas pluviais urbanas de todo o país.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.