Vida Urbana

Projeto de ajuda ao diagnóstico de infarto é desenvolvido por pesquisadores do IFPB 

Exames de eletrocardiograma são analisados pelo sistema, e posteriormente, um sinal tridimensional sobre de saúde do paciente.




Pesquisadores do IFPB criam programa que ajuda a diagnosticar infarto em fase inicial — Foto: Ascom IFPB/Divulgação

Estudantes e um professor do curso de Engenharia Elétrica do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), em João Pessoa, desenvolveram uma pesquisa para realizar diagnósticos de problemas cardíacos. O projeto “Detecção de Infarto Agudo do Miocárdio pela análise automática dos parâmetros extraídos do Vetorcardiograma” tem ajudado médicos através de conhecimentos em tecnologia, e deve circular nos hospitais de todo o país.

O projeto funciona a partir da utilização de um softwere que analisar o exame de eletrocardiograma e, posteriormente, gera um sinal de tridimensional sobre o estado de saúde do paciente examinado. O equipamento se aperfeiçoa conforme os pacientes o utilizam, através de inteligência artificial.

O trabalho surgiu a partir da ideia de que a pesquisa científica deve criar e aprimorar tecnologias responsáveis pela ajuda direta à comunidade, de acordo o professor idealizador do projeto, Carlos Danilo Regis. Para ele, as capacidades dos alunos para criarem soluções que ajudem a sociedade podem ser desenvolvidas na pesquisa.

Ainda conforme o professor, o sistema foi registrado e em breve deve ser testado em hospitais do Brasil. “Com esses testes, serão realizados ajustes, e a pesquisa poderá auxiliar os médicos, além de ser expandida para outras patologias”, comentou Carlos.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.