Vida Urbana

Prédio histórico em risco de desabamento é alvo de apuração do MPF, em João Pessoa

A denúncia é que parte do prédio pode cair sobre trecho da linha da CBTU.




Prédio antigo onde funcionava a antiga alfândega tem risco de cair sob trilhos de trens. Foto: André Resende/G1

Uma denúncia de risco de desabamento de parte do prédio da antiga alfândega no Centro Histórico de João Pessoa sobre os trilhos dos trens urbanos que atende a população da Região Metropolitana da capital paraibana, está sendo investigada por um inquérito do Ministério Público da Paraíba (MPF). A abertura do procedimento foi publicada no Diário Eletrônico do MPF.

Por apresentar risco de desabamento, o trecho ferroviário localizado entre a estação de João Pessoa e a estação Mandacaru requer interdição. A antiga alfândega é tombada pelo patrimônio histórico nacional e estadual, e está localizada no bairro do Varadouro. 

O Jornal da Paraíba entrou em contato com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos em João Pessoa (CBTU) para maiores esclarecimentos, mas até às 18h desta terça-feira (10), as ligações não foram atendidas e nenhuma resposta foi dada.

Entenda o caso

Devido à chuvas, em março deste ano parte de uma parede de um prédio antigo do Centro Histórico de João Pessoa caiu, e o entulho atingiu a linha ferroviária no Varadouro. O incidente impediu que as viagens de trem na capital fossem realizadas, e de acordo com o MPF, o procedimento foi instaurado a partir de representação formulada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias no Estado da Paraíba (Sintefep).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.