Vida Urbana

Postos de saúde da capital não têm vacina contra meningite

Pais reclamam da falta do produto, que imuniza bebês a partir de 3 meses e evita, entre outros problemas, paralisia. 



Divulgação/Funed
Divulgação/Funed
Sem vacina, as bactérias que causam a doença podem comprometer a audição, a capacidade evolutiva e as faculdades cerebrais, além de provocar paralisia

Postos da rede pública de Saúde de João Pessoa estão sem vacina do tipo Meningocócica C Conjugada, que imuniza contra a meningite e outras infecções. A vacina é destinada a bebês recém-nascidos com três meses de idade e sem ela as bactérias que causam a doença podem comprometer a audição, a capacidade evolutiva e as faculdades cerebrais, além de provocar paralisia.

De acordo com o setor de Imunização de João Pessoa, este é um problema pontual que deve ser resolvido em breve.

Maria Cecília Batista, que levou sua filha, Maria Alice, para ser vacinada na Unidade de Saúde da Família (USF) Mangabeira, saiu sem ter conseguido imunizar a criança.

“É um absurdo. Estou aqui com minha filha de três meses e vou ter que procurar a vacina de posto em posto. E o pior: não tem nenhuma vacina infantil aqui”, disse, acrescentando que os funcionários não deram prazos nem justificativas.

Maria Cecília Batista levou a pequena Maria Alice ao posto de saúde, mas não conseguiu a vacina. (Foto: Giovanna Ismael)

Para o Conselho Regional de Medicina (CRM), não é papel do órgão fazer este tipo de fiscalização. “Fazer vista grossa na falta de medicamentos não é atribuição do Conselho. O Estado e o Município devem dar um posicionamento”, afirmou o fiscal do CRM, João Alberto.

A coordenadora de Imunização de João Pessoa, Chiara Dantas Vanderlei, apontou que as vacinas foram recebidas nesta quarta-feira, mas ainda precisam ser levadas para os postos. “O prazo para que isso aconteça é de sete dias úteis”, explicou.

Ainda segundo a coordenadora, estas unidades ficam sem vacinas em média dois dias até receberem novo estoque. “Os funcionários precisam explicar melhor isso para os pacientes”, disse.

Cerca de 900 crianças são vacinadas por mês em João Pessoa e cerca de 40 mil doses das mais variadas vacinas são enviadas para abastecer os postos de saúde. Na rede particular, a vacina custa em média R$100 reais a dose. 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.