Vida Urbana

Possível celular de padre morto no Brejo da PB é encontrado pela Polícia

Aparelho não foi encontrado no local do crime. 




A Polícia Civil confirmou nesta sexta-feira (1º) a localização do possível celular que pertencia ao padre Pedro Gomes da Silva, morto na cidade de Borborema no Brejo da Paraíba com 29 facadas. O aparelho não havia sido encontrado pela polícia no local do crime.

A informação sobre a localização do celular foi confirmada pelo delegado da Polícia Civil, Pablo Nascimento, que participa da investigação em caráter especial. Ele disse que o aparelho foi apreendido pela polícia em posse de um homem natural da cidade de Arara. “O celular foi encontrado e já está com a equipe técnica para o trabalho de perícia. O aparelho é idêntico ao modelo que o padre possuía. A investigação já realizada indica isso, mas é preciso aguardar a análise da perícia”, ressaltou.

O delegado disse ainda que o celular encontrado possivelmente foi levado e vendido por um dos suspeitos do crime durante a fuga. “Existia uma informação de que um aparelho havia sido negociado por um dos suspeitos do crime durante a fuga. O trabalho investigativo fez a verificação da suspeita e encontrou o homem responsável pela compra. Ele diz que não sabe de nada e esse é um fato novo que vai colaborar com o processo de esclarecimento do caso. Por enquanto não podemos adiantar nenhuma outra situação. A investigação continua”, concluiu Pablo Nascimento.

Um dos suspeitos de participar da morte do padre, um adolescente de 15 anos já foi detido pela polícia.

O outro suspeito Lucas Sales Jerônimo, de 18 anos, continua foragido.