Vida Urbana

Polícia Civil pede ajuda à população para identificar mãe bebê encontrado morto

Além da ajuda da população, a Polícia visitará as maternidades da região e fará o levantamento das mães e que deram à luz nos últimos 30 dias.




Bebê foi encontrado morto na BR-104 entre Esperança e São Sebastião de Lagoa de Roça

O delegado Danilo Orengo, titular da 12ª Delegacia Seccional de Polícia em Esperança, no Brejo da Paraíba, fez um apelo à população para que dê informações sobre mães que não estejam mais com seus filhos ou que eles tenham desaparecido. O objetivo é encontrar a mãe do bebê de aproximadamente um mês de vida que foi encontrado morto dentro de uma sacola, às margens da BR-104, entre os municípios de Esperança e São Sebastião de Lagoa de Roça, na manhã desta quinta-feira (15).

“Quem tiver qualquer informação, na região, de mãe que tenham dado à luz recentemente e não esteja mais com seu filho pode ligar para o número 197 que a denúncia vai ser investigada”, explicou o policial. Ele acrescentou que o delegado de Homicídios, Luiz Jorge, vai ser o responsável pelo inquérito policial. Além da ajuda da população, a Polícia Civil visitará as maternidades da região e fará o levantamento das mães e dos respectivos endereços que deram à luz nos últimos 30 dias.

Na escola

Nesta terça-feira pela manhã, moradores estavam esperando um ônibus e perceberam que havia algo diferente na sacola. Ao se aproximarem, viram que era um bebê morto e ligaram para Polícia Militar que esteve no local.

Em seguida, peritos estiveram na BR e perceberam que o bebê tinha um ferimento na cabeça. Uma hipótese levantada é morte por tramatismo craniano por ter sido arremessado de um carro. Outra linha de investigação é que tenha sido colocado vivo dentro da sacola plástica e morrido por asfixia. A perícia é que vai revelar a causa da morte.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.