Vida Urbana

Paraibanos são os que mais pedem separação no Brasil, revela IBGE

IBGE divulgou uma pesquisa sobre indicadores sociais 2010, nela a PB aparece em 1º lugar no ranking dos Estados com a maior taxa de separações pedidas pelos homens.




Da Redação
Com G1

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou nesta sexta-feira (17) a pesquisa de Síntese de Indicadores Sociais 2010, nela a Paraíba aparece em primeiro lugar no ranking dos Estados com a maior taxa de separações consentidas sem recurso, onde os homens requerem o pedido.

A taxa nacional deste tipo de separação foi de 28,3%, já na Paraíba foi de 41,4%. Entre as mulheres a taxa é mais alta. Elas entram mais com esse pedido de separação. A taxa nacional é de 71,7%, mas no Estado é de 58,6%.

No ranking dos divórcios, a Paraíba também está acima da média nacional, mas aparece na 17ª posição, com 81,6%, enquanto a média nacional é de 70,1%. Os dados são referentes aos divórcios sem recursos diretos.

De acordo com o instituto, os números mostram que a sociedade brasileira ampliou sua aceitação ao divórcio e utilizou mais intensamente os serviços de justiça que formalizam as dissoluções.

Casamento

Mesmo com as altas taxas de separações e divórcios, a Paraíba registrou o segundo lugar no Nordeste no número de casamentos. Em 1999, foi de 5,8%, já em 2008 subiu para 6,6, ficando um pouco abaixo da média nacional, 6,7%.

A taxa de nupcialidade legal no Brasil apresentou, em 2008, o seu maior índice desde 1999. De acordo com o IBGE, o aumento no número de casamentos pode ser atribuído à melhoria no acesso aos serviços de Justiça, particularmente ao registro civil de casamento.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.