Vida Urbana

Paraíba tem 23 reservatórios de água em situação crítica, segundo a Aesa

Outros 34 açudes, incluindo o Boqueirão, estão em situação de observação.




O Açude Epitácio Pessoa, Boqueirão, que abastece Campina Grande e outras 19 cidades, está com 21,98%. Foto: divulgação

A Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (AESA) divulgou, na terça-feira (20), um relatório sobre a situação dos reservatórios de água do estado. Dos 132 reservatórios analisados pela agência, 23 estão em situação considerada crítica, com menos de 5% de seu volume total.

Outros 34 reservatórios estão em situação de observação, com capacidades inferiores a 20%, enquanto 69 estão com capacidade superior a 20%. Apenas 6 açudes estão sangrando; Eles ficam nas cidades de Araçagi, Conde, Mamanguape, Bananeiras, Alagoa Grande e Sapé.

O Açude Epitácio Pessoa, Boqueirão, que abastece Campina Grande e outras 19 cidades, está com 21,98% de sua capacidade total. Em abril deste ano, o açude deixou de receber águas vindas do Rio São Francisco através da transposição, mas na última sexta-feira (16) as águas voltaram a ser bombeadas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e devem chegar à Paraíba em breve.

De acordo com a Aesa, os reservatórios com volume abaixo de 5% da capacidade máxima estão nas cidades de Algodão de Jandaíra, Uiraúna, Cacimba de Dentro, Picuí, Areial, Barra de Santa Rosa, Montadas, São Vicente do Seridó, Triunfo, São Sebastião de Lagoa de Roça, Puxinanã, Alagoa Nova, Olivedos, Ouro Velho, Monteiro, Prata, Riacho de Santo Antônio, Teixeira, Serra Branca e Soledade.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.