Vida Urbana

Paraíba deve receber 2 milhões do MEC para implementar ensino médio em tempo integral

Ao todo, MEC deve repassar R$ 118,3 milhões à dezoito estados de todo o Brasil.




A Paraíba deve receber cerca de R$ R$ 2.431.298,58 do Ministério da Educação (MEC), por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para a implementação do ensino médio em tempo integral em escolas do estado. Ao todo, dezoito estados devem receber os recursos do MEC, que somam R$ 118,3 milhões.

Conforme o Governo, os recursos são referentes a segunda parcela do Programa de Fomento às Escola de Ensino Médio em Tempo Integral, que disponibiliza recursos a escolas de todo o Brasil. A primeira parcela foi liberada a cerca de 1.027 escolas, que já participam da iniciativa, em novembro de 2018. 

No Brasil, a carga horária do ensino médio não integral é de 20h semanais, ou 4h por dia. No entanto, com a reforma do Ensino Médio, essa carga deve aumentar para 25h e 5h, respectivamente. As escolas que participam do programa de incentivo do MEC trabalham numa carga horária superior a 35 horas semanais, ou 7h diárias. 

Além da Paraíba, no Nordeste os estados de Alagoas, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Piauí e Sergipe também vão receber as verbas do Ministério da Educação (MEC). A autorização do repasse de 118 milhões foi publicado numa portaria no Diário Oficial da União (DOU), no último de 11 de novembro, e deve acontecer por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.