Vida Urbana

Padre é encontrado com sinais de enforcamento

Padre estava desaparecido há seis dias. Corpo estava pedurado em uma árvore.



Divulgação/Paróquia de Santa Luzia
Divulgação/Paróquia de Santa Luzia
Padre foi encontrado com sinais de enforcamento

Da Redação

O corpo do padre Jerônimo Leopoldino Medeiros Neto, de 33 anos, que fazia parte da paróquia de Santo Antônio, em Patos, e estava desaparecido há seis dias, foi encontrado na tarde desta terça-feira (27) com sinais de enforcamento. O delegado Elcenho Engel, da delegacia de Santa Luzia, confirmou que o corpo encontrado na Comunidade Vertentes, na zona rural da cidade, a 44 km de Patos, é do padre.

Em nota, o padre Rogério Almeida, da Diocese de Patos, confirmou que o corpo foi encontrado e acrescentou que ele estava em estado de decomposição. Segundo o delegado de Santa Luzia, o padre estava com uma corda na região do pescoço e pendurado em uma árvore.

O delegado Elcenho ainda aguarda os peritos de Patos para analisar a causa da morte. Segundo a Polícia Civil, os parentes informaram em depoimento que o padre estava afastado de suas funções porque vivia em fase de depressão.

O padre Jerônimo estava desaparecido desde o último dia 21. Conforme o padre Elias Ramalho, o último contato dele com pessoas conhecidas aconteceu durante um almoço com a família na cidade de Santa Luzia. Depois do encontro, ele iria voltar a Patos, mas não fez mais contato com os colegas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.