Vida Urbana

Operação flagra ligações clandestinas de energia no Centro de João Pessoa

Ação foi feita por Energisa, Polícia Civil e o Instituto de Polícia Científica.




Foto: Divulgação Energisa

A Energisa, a Polícia Civil e o Instituto de Polícia Científica, realizaram uma operação de combate ao furto de energia no Centro de João Pessoa, nesta terça-feira (11). Mais de 200 inspeções foram feitas, e cerca de 17 estabelecimentos comerciais foram flagrados com ligações clandestinas.

A operação é fruto de um monitoramento feito pelo Centro de Inteligência em Combate a Perdas da Energisa, responsável por perceber a ação criminosa no Centro da capital. Os moradores podem denunciar furtos de energia através dos canais de atendimento da Energisa, como o número de telefone 0800 083 0196, ou pelo site da Energisa.

Conforme a Energisa, a perda mensal de energia na Grande João Pessoa é de 11GWh, e acontece por conta de irregularidades, como furto de energia e ligações clandestinas. Essa quantidade de energia seria suficiente para abastecer toda a cidade de Guarabira durante quatro meses, por exemplo.

O Governo do Estado deixa de arrecadar cerca de R$ 2,3 milhões por ano devido aos ‘gatos ‘ de energia e das ligações clandestinas apenas na grande João Pessoa. Além de ser crime, o furto de energia também coloca em risco a segurança da população, já que pode provocar incêndios por curto circuitos.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.