Vida Urbana

ONG resgata cadela que teve orelha decepada pelo dono em João Pessoa

Animal fica internado até esta segunda-feira (2) e ONG busca encontrar um lar adotivo para ele.




Cadela teve orelha decepada em João Pessoa — Foto: Fabíola Rezende / ONG Ajude Anjos de Rua

Uma cadela de sete meses de idade foi acolhida por uma ONG especializada em resgate e proteção animal. O animal teve uma orelha decepada pelo seu antigo dono, na última quarta-feira (27), no bairro Ilha do Bispo, em João Pessoa. Após ser resgatada, a cadela foi levada para uma clínica veterinária da cidade, onde vai ficar internada até esta segunda-feira (2).

O caso foi inicialmente acompanhado pelo Batalhão de Polícia Ambiental da Polícia Militar da Paraíba. A cadela, então, foi enviada para o Centro de Zoonose de João Pessoa. Mas como o local não funciona como abrigo, a ONG Ajude Anjos de Rua interveio. “Eles entraram em contato com a gente e providenciamos o resgate da cadelinha”, lamenta a ativista da causa animal Fabíola Rezende, presidente e fundadora da Ajude Anjos de Rua.

Na sexta-feira (29), a cadela, batizada com o nome de Maggie, foi internada, passou por exames e foi medicada. Além da orelha esquerda, que foi decepada, foi identificado ainda cortes na orelha direita. O animal não corre riscos, mas a luta agora é para conseguir um lar que o adote. “A cadelinha é apenas um filhote, mas já sofre dessa maneira, sendo maltratada e mutilada”, lamentou Fabíola.

Agora a ONG busca quem adote Maggie que deve ter alta na segunda-feira (2). Caso isso não seja possível de imediato um lar temporário pode ser a solução.

Fabíola Rezende enfatiza que todo o trabalho é transparente e divulgado no perfil oficial da ONG no Instagram e que quem quiser colaborar com o pagamento das despesas na clínica pode se informar por lá como fazer.

A ONG Ajude Anjos de Rua foi criada em 24 de novembro de 2015 e se transformou oficialmente em uma organização não governamental no dia 31 de julho de 2016. Seu principal foco está nos animais de rua da capital paraibana, sem dono, sem abrigo e muitas vezes sofrendo maus tratos das pessoas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.