Vida Urbana


Operação prende suspeitos de caça predatória e apreende aves

Seis armas foram recolhidas durante a ação. Caça acontecia em área de reserva legal em Cruz do Espírito Santo.




Walter Paparazzo
Walter Paparazzo
Pássaros de várias espécies foram apreendidos pelos policiais

Seis pessoas pessoas foram presas durante uma operação do Batalhão Ambiental da Polícia Militar na cidade de Cruz do Espírito Santo, Zona da Mata paraibana, nesta quinta-feira (12). Elas são suspeitas da prática de caça predatória e também da criação de aves silvestres de forma ilegal. Pássaros e armas também foram apreendidos durante a ação.

O tenetente Vinícius explicou que a operação foi articulada após o Batalhão Ambiental receber denúncia dando conta das ações irregulares na zona rural de Cruz do Espírito Santo. “Chegando às residências, foram encontrados vários pássaros em cativeiro. Fizemos buscas nas casas e encontramos seis armas de fogo”, explicou.

As armas apreendidas foram cinco espingardas e um revólver calibre 38. De acordo com a polícia, esse armamento era usado na caça predatória em uma área de reserva legal na cidade .