Vida Urbana


Casos de suspeita de dengue na PB apresentam queda de 93%

 Casos de chikungunya também apresentaram queda de 93%




Foram notificados 2.865 casos suspeitos de dengue na Paraíba no período de 1 de janeiro a 26 de agosto deste ano, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde nesta quinta-feira (14). O número representa uma redução de 93,43% em relação ao ano anterior. Em 2014, 2015 e 2016, no mesmo período, foram registrados, respectivamente, 6.397, 25.040 e 43.593 casos suspeitos da doença.
 
Quanto às notificações de suspeita de Chikungunya, de 1 de janeiro a 26 de agosto de 2017, foram registrados 1.263 casos suspeitos. Em 2016, no mesmo período, foram notificados 20.893 casos suspeitos, o que mostra uma redução de 93,95%.
 
Zika Vírus – De acordo com o boletim, até a 34ª semana epidemiológica deste ano foram notificados 132 casos suspeitos de Zika Vírus. No mesmo período de 2016, foram registrados 4.879 casos, apontando uma redução de 97,29%.
 
“É importante lembrar que a Doença Aguda pelo Zika Vírus foi inserida na Lista de Doenças de Notificação Compulsória a partir da Portaria Nº 204, de 17 de fevereiro de 2016, o que justifica o pico de notificações no mês de fevereiro de 2016 e o não registro de casos no ano de 2015”, ressaltou a gerente executiva de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Renata Nóbrega.
 
Óbitos – Até o dia 26 de agosto, foram registrados 20 óbitos com suspeita de causa de arboviroses nos municípios de Bayeux (02), João Pessoa (04), Conceição (01), Caaporã (01), Santa Rita (02), Cabedelo (01), Campina Grande (01), Massaranduba (01), Bom Jesus (01), Barra de Santana (01), Boqueirão (01), Santa Luzia (01), Sousa (01), Piancó (01) e Esperança (01).