Vida Urbana


Cinco são detidos com aves silvestres e armas no Sertão

Suspeitos foram abordados pela Polícia Militar na cidade de Patos. 




Cinco pessoas foram detidas neste domingo (10) no município de Patos, na região do Sertão, por posse ilegal de arma e crime ambiental. Os suspeitos Durval Gomes da Silva, de 35 anos, João Antônio Soares Tenório, de 30 anos, Gledson Tenório Soares, de 23,  e outros dois adolescentes retornavam de uma comunidade rural no município de Olho D'água, em um veículo modelo Fiat Uno, quando foram abordados pela Polícia Militar.
 
De acordo com o delegado da Polícia Civil, Ronîs Fernandes, com os suspeitos foram apreendidas 13 marrecas, uma pata selvagem, uma arribaçã, duas espingardas, várias munições e outros materiais usados para caçada animal. “Os cinco retornavam de uma caçada na zona rural do município de Olho D'água. Eles estavam chegando em Patos quando foram abordados pela polícia e detidos em flagrantes. O caso partiu de uma denúncia anônima recebida pela polícia”, disse.  
 
Após a abordagem policial, os suspeitos foram encaminhados para Delegacia de Polícia Civil, onde prestaram depoimento e registrada a ocorrência. Os dois adolescentes foram liberados e os outros três suspeitos autuados por crime ambiental.  Dois deles responderão também por posse ilegal de arma, uma vez que confessaram ser os proprietários das armas recolhidas. Eles foram encaminhados para o Presídio Regional de Patos, onde permanecem à disposição da  justiça. As aves apreendidas foram entregues a Sudema e serão soltas em uma reserva ambiental na região.