Vida Urbana


Campina Grande registra quatro homicídios em menos de 7 horas

As quatro vítimas foram mortas a tiros. O duplo homicídio de um casal está entre os crimes.




A cidade de Campina Grande registrou quatro homicídios no período de apenas sete horas, neste domingo (10). O primeiro caso aconteceu na comunidade de Campo de Angola, no Distrito de São José da Mata, onde um corpo foi encontrado dentro de um açude. A Polícia Militar chegou ao local após denúncias de moradores de que tiros foram ouvidos horas antes na região. A perícia foi acionada e constatou que a vítima, identificada como Manoel do Santos Silva, 40 anos, atingida com tiros na cabeça e na perna.

 

O segundo caso aconteceu por volta das 20h no bairro de Bodocongó, onde após uma briga em um bar, duas pessoas foram mortas a tiros. De acordo com informações da Polícia Militar, um casal estava no local, quando dois homens chegaram em uma moto, um deles foi até onde as vítimas estavam e ainda mandou os outros clientes se afastarem, para então começar a atirar.

 

Uma das vítimas foi identificada como Paulo Renato de Oliveira da Silva, 26 anos, que foi morto com seis tiros, sendo cinco na cabeça e um no tórax. A mulher foi identificada como Isabele Alves Messias, 21 anos, que recebeu um tiro no pescoço, ainda foi atendida pela equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), mas não resistiu e morreu.

 

O outro homicídio foi registrado às 23h no bairro Presidente Médici. Um homem conhecido como 'Dudu do Saara', de 35 anos, foi morto com seis tiros que atingiram o peito, a cabeça e o braço. A vítima teria sido morta por bandidos em uma moto, quando trafegava em sua moto pela Avenida Juscelino Kubitschek. Os suspeitos  fugiram sem deixar pistas. A Delegacia de Homicídios está investigando os casos.