Vida Urbana


Polícia prende nove pessoas e apreende 43 aves na Grande João Pessoa

Os suspeitos vão ser autuados por manter animal silvestre em cativeiro, sem autorização do Ibama.




Walter Paparazzo/G1
Walter Paparazzo/G1

Nove pessoas foram detidas e 40 aves foram apreendidas na manhã deste sábado (9), nas feiras livres de Santa Rita e Bayeux, na Grande João Pessoa, em uma operação denominada de “Voo Livre”, desencadeada pelo Batalhão de Polícia Ambiental. Os detidos são acusados de crime ambiental por estarem comercializando as aves silvestres.

 

Segundo o comandante do Batalhão de Polícia Ambiental, major Cristóvão Lucas, foram resgatadas 43 aves, muitas delas sendo comercializadas de forma ilegal. Entre as espécies, havia papa-capim, caboclinho, azulão, galo de campina e sanhaço.

 

Ainda de acordo com o major Lucas, os suspeitos vão ser autuados por manter animal silvestre em cativeiro, sem autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Sete dos detidos estavam comercializando as aves na feira de Santa Rita.